quinta-feira, 24 de junho de 2010

Ciclo de Debates e Workshop “Questões Regionais, Ambientais e Urbanas”

A Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC/SP), em parceria com a Ordem dos Advogados do Brasil, seção Pará, Centro de Estudos Impacto e Prefeitura de Paragominas, realiza, dias 24 e 25 de junho, os dois últimos eventos do Ciclo de Debates e Workshop “Questões Regionais, Ambientais e Urbanas” com o objetivo de promover a integração entre todas as instituições, setores econômicos e comunidade local, buscando reduzir os litígios e conflitos através do debate de idéias, além de divulgar as boas práticas de gestão de sustentabilidade, como é o caso de Paragominas, o primeiro “Município Verde” da Amazônia.
São convidados a participar dos debates pesquisadores, políticos e profissionais da área e do setor acadêmico. O primeiro evento da série aconteceu no último dia 28 de maio, no Fórum Cível de Belém (Auditório Desembargador Agnano Monteiro Lopes), com o tema “Questões Urbano-Ambientais da Região Metropolitana de Belém.
Segundo a coordenadora do evento, professora da PUC e desembargadora federal do Dra. Consuelo Yoshida, no workshop que antecede o painel de debates, serão apresentados “cases” que vão mostrar as práticas que estão dando certo no campo ambiental e econômico-social. “Essas práticas merecem ser divulgadas e reproduzidas em outros lugares, em outros municípios. Esses cases e trabalhos práticos são apresentados por alunos do curso de Especialização da PUC, por pesquisadores e profissionais convidados”, explica Consuelo.
Nos dias 24 e 25, a programação segue no auditório da Ordem dos Advogados do Brasil, Seção Pará, também a partir das 17h. No dia 24, o tema a ser abordado será “Mineração, Meio Ambiente e Práticas Sustentáveis”. O professor e advogado especializado em Direito Ambiental, Dr. Jorge Alex Athias, será o mediador do debate. Nas discussões, Deputado Gabriel Guerreiro, Instituto Brasileiro de Mineração, Departamento Nacional de Produção Mineral, Vale, Procuradoria do Estado do Pará, Procuradoria da República, com a presença do procurador Ubiratan Cazetta. 
Já no dia 25 de junho, o debate gira em torno da produção e meio ambiente, com o tema “Agronegócio, meio ambiente e práticas sustentáveis”. A experiência positiva de Paragominas será contada e, apresentado os avanços do projeto “Município Verde”, como o pacto pelo produto Legal e Sustentável, acordado há mais de dois meses entre a sociedade e empresários do agronegócio. O prefeito da cidade, Adnan Demachki é que vai contar essa experiência e mostrar ações que realizadas no município e que surtem efeito, como a diminuição no desmatamento e a saída da tão temida lista negra do desmatamento do MMA. Além dele, Adalberto Veríssimo, pesquisador sênior da ONG Imazon, Daniel Azeredo, procurador federal, entre outros.
Paragominas se destaca em práticas sustentáveis de produção, tendo a única fazenda da região a manter 80% da reserva legal intacta, a fazenda Marupiara, que serve de modelo e fonte de pesquisa para institutos de todo o Brasil, como a Embrapa, e até internacionais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Siga o ParagoNews

Minha lista de blogs