terça-feira, 8 de junho de 2010

Mais um caso de pedofilia em Paragominas

Na tarsde de ontem (07), Antonio Rivaldo da Silva, de 52 anos, mais conhecido como “Dr. Sócrates”, foi conduzido até à 13ª Seccional de Paragominas, na localidade do nordeste paraense. 

A conselheira Tutelar de Paragominas, Angelita Catanhede, e o cabo Morães, juntamente com soldado Fagner foram até o acusado. Suas enteadas uma de 14 anos, outra de apenas 11 ,  acusam "Dr.º Socrates" de abusá-las por alguns meses. Segundo as meninas, o padrasto fazia “carinhos”, passando a mão em suas partes genitais. Ele aproveitava em quanto elas estavam assistindo televisão, geralmente enquanto a mãe não estava por perto.

O comportamento das meninas começou a mudar, uma professora da rede pública percebeu e começou a perguntar o que estava acontecendo. Por sua vez, as meninas criaram coragem e disseram o que estava acontecendo em casa. A professora procurou comunicou o caso a direção da escola, e por sua vez, passou para conselheira tutelar Angelita Cantanhêde.

Uma guarnição comandada pelo cabo Morais e soldado Fagner capturar o “Dr. Sócrates” que foi encontrado em casa totalmente embriagado. Mesmo assim foi encaminhado para a 13ª Depol para prestar esclarecimentos. As meninas receberam total apoio da mãe, mas mesmo assim foram encaminhadas para a Casa de Passagem e posteriormente serão levadas ao Instituto Médico Legal Renato Chaves de Castanhal para exames periciais. 

Antonio Rivaldo continua preso na 13ª Seccional de Paragominas,  segundo informações depois de prestar esclarecimentos à autoridade policial deverá ser colocado em liberdade até que tudo seja realmente esclarecido.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Siga o ParagoNews

Minha lista de blogs