terça-feira, 15 de junho de 2010

Policial Militar é executado em Ulianopólis

O crime aconteceu no último sábado (19), um Policial Militar  reserva foi executado com tiros à queima roupas, em Ulianopólis, região nordeste do Pará.

Geneton Viera Pereira teria ido até seu sítio, no assentamento Água Branca, às margens da Rodovia Belém-Brasília (BR-010), acompanhado por um marceneiro. Segundo informações, ele teria ido fazer orçamento para móveis  que seriam colocados futuramente na casa dele.

Na volta para sede daquele município, o Ex-Policial Militar Geneton deixando o sitio, em seu carro próprio, pediu para que o marceneiro descesse e abrisse a porteira. Em questões de segundos, foi alvejado no abdômen por pessoas ainda desconhecidas com um tiro de calibre 12. Geneton não resistiu os ferimentos caiu ao volante do carro e veio a óbito. O marceneiro sem reação apenas fugiu do local na tentativa de sobrevivência.

Através de uma ligação para Delegacia de Ulianopólis, o investigador Evandro Ferreira esteve no local, mais não conseguiu encontrar suspeitos.

O corpo foi levado para o Necrotério que funciona no Hospital Municipal de Ulianopólis, em seguida encaminhado para Centro de Pericias Científicas “Renato Chaves” de Castanhal.

O clima naquela cidade é de silêncio, pelo crime bárbaro ocorrido neste final de semana. O caso foi registrado na Delegacia de Ulianopólis, onde o delegado Joazil Machado Serrão abriu um inquérito para apurar o caso.

Denuncie: As Polícias Civil e Militar pede para quem tiver alguma informação que possam levar até os homicidas, ligar para o telefone (091) 37261176, Delegacia de Paragominas. (091) 37293747 (19º BPM) ou disque denuncia (181).      

Bruno Nascimento, de Paragominas. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Siga o ParagoNews

Minha lista de blogs