quinta-feira, 29 de abril de 2010

Membros de quadrilha de assaltantes são presos em Ipixuna do Pará


Quatro membros de uma quadrilha que pretendia praticar assaltos a banco na região da rodovia BR-010 (Belém-Brasília) foram presos, na tarde desta quarta-feira (28), em Ipixuna do Pará, nordeste paraense. As prisões aconteceram após trocas de tiros com policiais civis e militares. Com os presos, 48 munições de escopeta calibre 12; 35 munições de pistola 9 milímetros; três coletes balísticos e mantimentos enlatados, foram encontrados. A captura dos bandidos teve início após confronto entre policiais militares e bandidos que estavam em um carro Pálio branco, por volta de meia-noite. A ocorrência aconteceu durante uma abordagem policial na estrada federal.

RBA EM PARAGOMINAS É ENVADIDA POR BANDIDOS


O FATO ACONTECEU (28) QUANDO O ESCRITORIO DA TV RBA EM PARAGOMINAS, FOI INVADIDO ONTEM PELA MANHÃ, POR VOLTA DAS 10H30, POR UM HOMEM ARMADO COM UM REVOLVER, QUE AOS GRITOS PERGUNTAVA PELO DIRETOR ATUAL JORGE QUADROS. 

A SECRETÁRIA DA EMPRESA, MÔNICA VASCONCELOS, ENCURRALADA, DIZIA QUE O DIRETOR NÃO ESTAVA E MESMO ASSIM O HOMEM ENTROU EM ALGUMAS SALAS DO PRÉDIO, COM UMA ARMA EM PUNHO.

Polícia Civil cria exposição para prevenir contra as drogas



A Seccional Urbana de Paragominas, nordeste do Pará, lançou ontem (26), um programa de combate às drogas no município. Sob coordenação do delegado José Ricardo de Oliveira, superintendente regional da Zona Guajarina, e delegada Carmen Suely Souza da Silva, diretora da Seccional Urbana, o lançamento ocorreu durante coquetel que contou com as presenças de autoridades locais e representantes da sociedade civil.
Todos deram total apoio à iniciativa dos policiais civis e, inclusive, formaram parcerias para que o programa possa ser estendido aos demais municípios da região.

O programa tem como objetivo ministrar palestras e exposições em todas as escolas de Paragominas, para que, tanto alunos quanto pais, tenham acesso às informações sobre drogas e, assim, possam futuramente tornarem-se agentes multiplicadores das informações. 

quarta-feira, 28 de abril de 2010

Combate à violação de direito autoral será intensificado na Zona Guajarina


A Polícia Civil de Paragominas, nordeste paraense, vai intensificar operações de combate ao crime de violação de direito autoral, através da reprodução não autorizada de DVDs, na região. A prática ilegal popularmente conhecida por “pirataria” contabilizou expressiva perda, no último sábado, dia 24, durante a operação policial denominada de “Avatar”.

Sob coordenação da Superintendência Regional da Zona Guajarina, policiais civis e militares, lotados em Paragominas, foram às ruas para apreender mídias vendidas em pontos comerciais. Ao todo, 10.203 mídias "piratas" foram apreendidas. Os policiais prenderam Joenilson Ferreira Muniz, 28 anos, com 350 mídias. Foi presa ainda Lucielma de Jesus Amorim Pacheco, 23.

Com ela, outras 300 mídias foram apreendidas. Também foi flagrado, na operação, Ozeildo Costa da Silva, 32, com 450 mídias “piratas”. Ele foram enquadrados com base no artigo 184, do CPB (Código Penal Brasileiro). As demais 9.103 mídias “piratas” foram abandonadas dentro de caixas por seus vendedores, que conseguiram fugir.


A ação policial foi realizada pela equipe da Polícia Civil formada pelo delegado Carlos Magalhães, escrivão José Renato Rabelo Silva e investigadores Paulo Henrique Silva Machado, Tasmânio de Lecom, Paulo Roberto do Mar Guerreiro e Denilson José Carvalho. A coordenação foi dos delegados Carmen Suely Souza da Silva e Carlos Magalhães Gomes.

A operação foi realizada, em atendimento ao cronograma anual estabelecido pela Polícia Civil de Paragominas, na zona urbana do município, em pontos previamente identificados pelos policiais civis da Seccional Urbana de Paragominas. De acordo com a delegada Carmen Suely, os pontos mapeados são áreas conhecidas pela comercialização de produtos de fabricação fraudulenta, através da cópia de material protegido por direitos autorais. 

O material apreendido  foi encaminhado para perícia no Centro de Perícias Científicas de Castanhal. Outras ações do tipo serão realizadas nos municípios da região.

Ascom Polícia Civil
Foto: Bruno Nascimento, de Paragominas. 

terça-feira, 27 de abril de 2010

Ex-presidiário é encontrado morto em Paragominas



Na manhã do último sábado, 24, dois homens que estavam “passarinhando” – prática habitual de muitos populares – localizaram um corpo às margens de uma estrada que dá acesso a zona rural, a cerca de dois quilômetros do bairro Parque IV, periferia de Paragominas.
Após o achado macabro os homens comunicaram o fato na 13ª Seccional. Com o apoio do capitão João Luiz, da 13ª Zpol, os investigadores D’ellecon Oliveira e Guerreiro, foram até o local.
A vítima teve os pés e os braços amarrados, e a boca amordaçada. Havia marcas de balas por todo o corpo. O assassinato bárbaro teria ocorrido no final de semana. Os próprios policiais removeram o corpo para o necrotério do Hospital Municipal de Paragominas.
A vítima foi identificada, no dia seguinte, como sendo Erinaldo Soares Rodrigues, 29 anos, ex-presidiário, o qual teria cumprido pena no Centro Regional de Recuperação de Paragominas (CRRP) por furto.
O corpo do ex-presidiário foi transferido para o Centro de Pericias Cientificas “Renato Chaves” de Castanhal. O caso foi registrado na 13ª Seccional de Paragominas, onde o delegado Carlos Magalhães Gomes, abriu um inquérito para fazer a apuração.
Bruno Nascimento, de Paragominas.

segunda-feira, 26 de abril de 2010

Assaltante é capturado em Paragominas


Através de denúncia anônima para o Centro Integrado de Operações Policiais (Ciop-190), uma guarnição comanda pelo capitão João Luiz, da 13ª Zona de Policiamento, conseguiu prender o traficante e assaltante Rafael Ribeiro Carvalho, 22 anos, mais conhecido por “Miguelito”, no bairro Jardim Atlântico, área periférica de Paragominas, nordeste paraense.

A prisão aconteceu quando a guarnição se dirigiu até o local indicado pelo denunciante. Quando os Policiais Militares chegaram ao local, encontraram “Miguelito” em vias públicas daquele bairro periférico, quando foi abordado. Após revistas, o mesmo estava com trinta gramas de maconha e R$ 17,00.  Mediante as provas o mesmo foi conduzido para 13ª Seccional de Paragominas.

Ao ser encaminhado para sala da chefia de operações, para o devido reconhecimento, o mesmo foi reconhecido pelos investigadores Paulo Henrique e Denílson. “Miguelito” já tinha um mandato de prisão preventiva expedido pela Juíza da Comarca de Paragominas. O mesmo realizou um assalto a um supermercado da cidade, na área central de Paragominas em 19 de agosto de 2009.

Operação “Avatar” apreende mais de 10 mil mídias piratas


A operação foi realizada no último sábado, 24, e foi batizada como “Avatar”. O objetivo foi combater e reprimir venda de mídias piratas na cidade de Paragominas, nordeste paraense.

Equipes comandadas pela delegada Carmem Suely, da 13ª Seccional, com apoio de uma guarnição composta pelo capitão João Luiz, cabo Bulhões, Lemos e soldado Gerson Wallace, participaram da operação.

Com apoio de quatro viaturas, em apenas quatro horas percorrendo bairros como: Centro, Cidade Nova, Promissão Um, Dois e Três; Uraim Um e Dois, Jaderlândia, Jardim Bela Vista, Jardim Atlântico, Laércio Cabeline Um e Dois, e Vila Rica, os policiais apreenderam exatamente 10.270 mídias piratas, entre cd´s, dvd´s e jogos.

De forma pacífica oito homens, duas mulheres, além de dois menores foram conduzidos para 13ª Seccional, por estarem comercializando os produtos.


Eles foram apresentados ao delegado Carlos Magalhães Gomes e liberados após assinarem Termos  Circunstanciados de Ocorrências (TCO) por crimes de violação de direitos autorais. Os menores foram encaminhados para o Conselho Tutelar daquele município. 
Segundo Paulo Henrique, chefe de operações da 13ª Seccional, a operação “Avatar” segue um cronograma estabelecido pela Polícia Civil do estado. Além de Paragominas, municípios como: Ulianópolis, Ipixuna do Pará, Mãe do Rio, Dom Elizeu, Irituia, Aurora do Pará e Rondon do Pará também estão sendo alvo desse trabalho.
Todo o material apreendido foi encaminhado para o Centro de Perícias Científicas “Renato Chaves” de Castanhal.
Bruno Nascimento, de Paragominas.

sábado, 24 de abril de 2010

“Boca-de-fumo” é fechada em Paragominas



Após uma denuncia anônima para o Centro Integrado de Operações Policiais (Ciop-190) policiais civis e militares fecharam uma boca-de-fumo na rua Paulo VI, área de maior incidência em tráfico de drogas, de Paragominas.
A operação foi realizada por uma guarnição comandada pelo capitão João Luiz, da 13ª Zpol, juntamente com os investigadores Denílson, D’ellecon Oliveira e Guerreiro.
As equipes policiais chegaram a casa de Elizângela Brito de Souza, 26, conhecida no mundo do tráfico por “Neguinha”, às 12h30 de sexta-feira (23).
No local ainda estavam os usuários Douglas Ferreira dos Santos, 31 anos, vulgo “Antena”, o qual já tem passagem pela polícia por furto a um supermercado; e Beniana Shirley Gonçalves, conhecida por “Beni”, de 29 anos. Os usuários, que disseram ser da localidade Maritaca, área rural, estavam hospedados na casa da traficante “Neguinha”.
Na casa os policiais encontraram amarradas no mosquiteiro da cama de “Neguinha”, 32 petecas de pasta base de cocaína, cinco petecas de “crack”, além de duas tesouras, duas facas, várias sacolas que são usadas para fazer trouxinhas, dois isqueiros, um cachimbo e jóias.

Para o investigador Paulo Henrique, chefe de operações da 13ª Seccional, na casa ainda foram encontradas correspondências destinadas à traficante Edilza Figueiredo, que está presa no Centro de Recuperação do Coqueiro. Ele acredita que “Neguinha” trabalha para mesma ou estava tentando dominar aquele ponto de tráfico no bairro da Cidade Nova.  
Mediante as provas encontradas, os três foram encaminhados para 13ª Seccional e apresentados ao delegado Carlos Magalhães Gomes. “Neguinha” foi autuada por tráfico de entorpecentes. Para os outros dois foram lavrados Termos Circunstanciados de Ocorrência (TCO), em seguida o mesmos foram liberados.
Bruno Nascimento, de Paragominas. 

Paragominas não alcança meta de vacinação da H1N1 na 3ª etapa


Em dezoito dias de campanha de vacinação contra o vírus H1N1, onde a meta era imunizar cerca de 20 mil jovens entre 20 e 29 anos, a Secretaria de Saúde não atingiu a meta de imunização estabelecida.

O prazo encerrou no dia 23 com resultado negativo. Menos de dez mil jovens procuraram uma unidade básica de saúde para se imunizar contra o vírus da gripe “A”. Muitos jovens alegam temor por causa de um vídeo que se espalhou rapidamente na internet, o qual afirma que a população mundial será exterminada no período de cinco anos através da vacina contra o vírus H1N1.
Para tentar reverter o quadro e atingir a meta, o próximo passo do setor de imunização será a realização da vacinação nas escolas municipais e estaduais, no período da noite, onde está concentrado um bom número de jovens estudantes.
Segundo Michele Furlan, depois do vídeo, o setor de imunização notou que outro fator que levou os jovens a não se vacinar foi à falta de tempo e a comodidade dos mesmos. “Não teremos prazo para terminar de imunizar os jovens em Paragominas, nossa meta é de 20 mil só no município”, disse a coordenadora de imunização da Secretaria de Saúde de Paragominas.
Já a campanha para os idosos que começou neste sábado, 24, e vai até o próximo dia 10 de maio, contará com onze postos de saúde, além de nove escolas espalhadas por toda cidade e dois postos de vacinações em praças públicas.
Para coordenação, assim como na primeira, nesta quarta etapa, eles acreditam que irão atingir a meta rapidamente, pelo fato de todos os anos, os idosos já serem imunizados contra gripe. A diferença é que desta vez será contra gripe “A”.
Paragominas registrou uma morte por gripe “A” e chegou a encaminhar duas crianças para o Hospital Barros Barreto na capital paraense com suspeita da doença.
Bruno Nascimento, de Paragominas.

sexta-feira, 23 de abril de 2010

Irmãos “Cloud” são capturados em Paragominas



Cláudio Rodrigues Ferreira, 26, e Arlison Alves Rodrigues, 27, mais conhecidos em Paragominas, como os irmãos “Cloud”, foram presos na quarta-feira, 21, pela equipe do 19º BPM.


Uma guarnição formada pelos cabos Bulhões, F. Silva e soldado Gerson Wallace, conseguiu prender os irmãos “Cloud” através de uma ligação anônima via Ciop (190). Segundo o denunciante os irmãos eram considerados de alta periculosidade e estavam em uma invasão, próximo ao bairro Promissão III, na periferia da cidade.
Cláudio cumpria pena por porte ilegal de arma em regime semi-aberto no Centro Regional de Recuperação de Paragominas (CRRP), mas, conseguiu fugir, “Ali é muita intriga entre os presos, não aguentava mais ficar naquele local imundo”, disse o foragido.
Arlison é acusado pela polícia de ter assassinado o desafeto Paulo Cesar Rodrigues, em 25 de outubro do ano passado. Após seis meses ele voltou a praticar o mesmo delito, no último dia 19, contra outro desafeto, desta vez, José Marivaldo Azevedo dos Santos.
Segundo os Policiais Militares, apesar da denúncia, os irmãos já estavam sendo monitorados. Eles foram encaminhados para 13ª Seccional de Paragominas e apresentados ao delegado Carlos Magalhães Gomes. Os irmãos “Cloud” já estão à disposição da Justiça de Paragominas.
Bruno Nascimento, de Paragominas.

terça-feira, 20 de abril de 2010

Colisão faz mais uma vítima na PA-256


O acidente envolveu uma motocicleta e um jerico motorizado e aconteceu no último sábado, 17, as 21h30, na Rodovia PA-256, em Paragominas, nordeste paraense.
Luiz Alfredo de Sales Brito, 25 anos, estava conduzindo uma moto na PA 256, no sentido do KM 12, distrito de Paragominas.
O trecho da rodovia não tem iluminação e uma forte chuva caia no momento do acidente. Segundo o empresário Waldemar Antonio da Silva, padrasto de Luiz Alfredo, ele não teria visto a carroceria puxada por um jerico, que seguia à Paragominas. Luiz não conseguiu frear e se chocou com a traseira da carroceria, as proximidades da Escola Estadual de Ensino Tecnológico do Pará (Eeterpa).  
O 1º Subgrupamento de Bombeiros Militar de Paragominas esteve no local do acidente para tentar socorrer Luiz Alfredo, mas, ele não resistiu. A colisão foi muito forte, ao ponto do braço do rapaz ser arrancado.
O motorista do jerico – o qual estava em péssimo estado e sem condições de trafegar em rodovias – fugiu do local sem prestar socorro. Após o acidente a pista ficou congestionada em quase dois quilômetros nos dois sentidos da pista.
Tanto a moto, quanto o jerico e a carroceria, foram levados para o pátio da Polícia Civil de Paragominas. O caso foi registrado na 13ª Seccional, onde o delegado Raimundo Xavier Sousa abriu um inquérito para apurar o caso. Esse foi o terceiro acidente em menos de uma semana em rodovias na cidade de Paragominas.
Bruno Nascimento, de Paragominas. 

segunda-feira, 19 de abril de 2010

OFIR LOYOLA INAUGURA MODERNO PARQUE RADIOTERÁPICO PARA O COMBATE AO CÂNCER



O mais moderno Parque Radioterápico do Norte/Nordeste e um dos mais bem equipados do país será entregue nesta terça-feira, 20, pelo Governo Popular, no Hospital Ophir Loyola, referência em oncologia. Foram cerca de R$ 9 milhões em investimentos e o hospital inaugurará, também, a Divisão de Medicina Nuclear. Trata-se do maior investimento no setor em toda a história do hospital.

Serão entregues um tomógrafo simulador, uma braquiterapia e um acelerador linear (Varian 2100 C), que vão melhorar a qualidade de atendimento aos pacientes, um avanço histórico para o tratamento do câncer no Pará. Os equipamentos de última geração permitirão que o Ophir Loyola atenda entre 250 e 300 pacientes por dia. Isso representa o fim das filas para o tratamento de radioterapia no estado. "Estes novos serviços consolidam o Ophir Loyola como centro de excelência em oncologia, com a mais alta tecnologia para diagnóstico e tratamento dos pacientes da rede pública", afirma o diretor geral do HOL, Dr. Paulo Soares.

Todos os novos equipamentos são importados e já passaram pela adequação às normas da Comissão Nacional de Energia Nuclear (CNEN). Em um espaço de 1.650 metros quadrados, o HOL vai concentrar três aceleradores, um cobalto, uma braquiterapia nova e dois simuladores.

Qualidade - Definido pelo Ministério da Saúde como o único Centro de Alta Complexidade em Oncologia da região Norte, o Hospital Ophir Loyola, prestes a completar 100 anos, está agora preparado para o futuro, oferecendo qualidade máxima em serviços.

O Governo do Estado contratou mais quatro médicos especialistas em oncologia, médicos que necessitam de alta qualificação, para atender a grande demanda de pacientes. O hospital contava com apenas três radioterapeutas. Com sete radioterapeutas, o hospital supera metas. A média atual de atendimentos, no momento, tem sido de 115 pacientes novos por semana, além dos que já estão em tratamento.

Atendendo 100% SUS, o HOL oferece assistência digna, especializada e integral aos pacientes na área de prevenção, diagnóstico e tratamento do câncer. Antes mesmo do Ophir Loyola inaugurar o parque radioterápico, o hospital já havia normalizado o atendimento de pacientes em radioterapia e segue convocando os pacientes da capital e interior do estado para a antecipação de consultas. 
    
 MEDICINA NUCLEAR
     

A Divisão de Medicina Nuclear, que também será inaugurada nesta terça no Hospital Ophir Loyola, representou um investimento de mais de R$ 1,6 milhão. O novo serviço dispõe de equipamentos como o Gama Câmara e se equivale à estrutura de grandes centros de excelência do Brasil para diagnóstico e tratamento de tumores malignos e outras doenças. 
 
 

Com dados da Secom e informações da Ascom HOL.
Diane Maués e Alessandro
Assessoria de Imprensa Ophir Loyola  

Colisão entre carro e moto deixa dois mortos na BR-010



O fato aconteceu no último sábado (17), por volta 19h, na Rodovia Belém-Brasília (BR-010), em Paragominas, nordeste do estado.





O crediarista Augusto Pereira Saraiva, 31 anos, estava pilotando uma moto Titan CG 150, na companhia do carona Ricardo da Conceição Barroso, 28 anos. Ambos se dirigiam à sede daquele município.
As proximidades do distrito do KM 12, as margens da BR-010, houve uma colisão entre a moto e um veículo de passeio. Augusto teve morte instantânea. O fato foi comunicado ao Centro Integrado de Operações Policiais (Ciop-190) do 19º BPM, que por sua vez, acionou o serviço ambulatorial de urgência e emergência do município, que ainda chegou a conduzir Ricardo da Conceição ao Pronto Socorro Municipal de Paragominas. Infelizmente o mesmo não resistiu aos ferimentos e morreu a caminho do PSM.
O motorista do veículo de passeio (L-200 4×4), ainda desconhecido, evadiu-se do local. Segundo testemunhas o mesmo teria procurado ajuda médica. Mas, segundo informações policiais, ele ligou para a 13ª Seccional, e deve se apresentar nesta segunda-feira, 19, para prestar esclarecimento.  
Os corpos das vítimas foram encaminhados ainda no sábado para o Centro de Perícias Científicas “Renato Chaves”, de Castanhal para exames de necropsias. A moto, que ficou bastante danificada, foi encaminhada para o pátio da Seccional de Paragominas. O delegado Raimundo Xavier Sousa, abriu um inquérito para apurar o caso.
Bruno Nascimento, de Paragominas.

sábado, 17 de abril de 2010

Vaqueiro é vítima de atropelamento na PA-256

O vaqueiro Cosme da Silva Pinheiro, 28 anos, sofreu várias fraturas pelo corpo e teve o crânio esmagado. A polícia não tem pistas do causador do atropelamento.

Na quinta-feira, 16, o vaqueiro Cosme da Silva Pinheiro, 28 anos, teria recebido uma quantia em dinheiro com seu empregador, um proprietário de uma fazenda localizada na altura do KM 30 da PA-256, rodovia que liga Tomé-Açu a Paragominas.

O vaqueiro deixou a fazenda e se dirigiu até o distrito do KM 12 de Paragominas, às margens da rodovia Belém-Brasília (BR-010). Segundo o cunhado da vítima, Magno da Conceição, tudo leva a crer que Cosme saiu para beber, pois o mesmo era acostumado a ingerir bebida alcoólica a bastante tempo.

Às 03h30 (madrugada de quinta para sexta-feira), motoristas que passaram pela rodovia estadual, avistaram uma vítima de acidente com veículo automotivo. Um deles foi até a sede da 13ª Seccional de Paragominas avisar sobre o corpo.

Os investigadores Monteiro, Augusto e Japonês foram até o local e encontraram o corpo do vaqueiro com várias fraturas expostas e o crânio esmagado. A suspeita é de que o veículo tenha passado por cima da cabeça da vítima.  

Os próprios investigadores levaram o corpo para o necrotério do Hospital Municipal de Paragominas. De lá ele foi transferido para o Centro de Perícias Científicas “Renato Chaves” de Castanhal.

A Polícia Civil ainda não tem pistas de quem cometeu o atropelamento. O caso foi registrado na 13ª Seccional de Paragominas, onde o delegado Raimundo Xavier abriu inquérito para apurá-lo.

A Polícia Civil de Paragominas pede que se alguém tiver alguma informação que possa ajudar no inquérito, que ligue para o telefone (091) 3729-4977 (Seccional) ou 181 disque denúncia.

Bruno Nascimento, de Paragominas.

quarta-feira, 14 de abril de 2010

H1N1: Jovens tem medo da vacina em Paragominas


Claudiane Mello, 24 anos, deveria ter se vacinado contra o vírus H1N1, que que está aberta em Paragominas, no sudeste paraense, desde último dia cinco. “Tenho medo de morrer, pois aqui em Paragominas tem um vídeo que relata, que a pessoa tomar a vacina, dentro de cinco anos irá morrer”, disse a jovem.

Assim como Claudianne, mais de treze mil jovens devem se vacinar. Em oito dias, apenas 6.122 jovens procuraram uma unidade de saúde mais próxima de sua casa para imunização contra o vírus H1N1. A meta da Secretaria de Saúde de Paragominas é imunizar cerca de 20.000 jovens paragominenses.

O motivo deles não estarem comparecendo o serviço de imunização em Paragominas é por que circula um vídeo religioso que relata que quem decidir tomar vacina, no prazo de cinco anos irá morrer. Esse tem sido o maior entrave para que o Departamento de Imunização não alcance a meta até o próximo dia 23.

Além dos jovens das 2.136 gestantes, apenas 1.294 se imunizaram até agora.

“Pensamos que no último sábado, o dia “D” fosse ser movimentado em Paragominas, mas não foi. Esse vídeo tem sido o maior entrave que estamos enfrentando no momento”, disse Michele Furlan, coordenadora de imunização da Secretaria de Saúde de Paragominas.

Para alcançar a meta que é de 20.000 jovens, o próximo passo, será a ida dos profissionais de saúde as escolas da cidade. Onde no período noturno, concentra uma boa quantidade de jovens.   

A Secretaria de Saúde de Paragominas, colocou o telefone (091) 37293907 a disposição da população para tirar dúvidas de pessoas que ainda não se vacinaram.

Bruno Nascimento, de Paragominas. 

Jovem é assassinado na BR-010


O crime aconteceu na madrugada da última segunda-feira, 12, às 02h30, na Rodovia Belém-Brasília (BR-010), no perímetro do Km 182, próximo a um balneário conhecido como “Bambu”, município de Paragominas.


Alexandro Lopes da Silva, 23 anos, teria saído de sua residência, no bairro JK, acompanhado por uma mulher ainda desconhecida pela família da vítima. O balneário fica localizado a 25 quilômetros da sede da cidade, e apesar da falta de iluminação, costuma ser muito frequentado à noite, principalmente por amigos e casais de namorados.
A caminho do balneário Alexandro foi chamado por um homem também desconhecido, que estaria no local. Logo após, o mesmo começou a efetuar vários disparos. Dois tiros acertaram a cabeça da vítima que não resistiu aos ferimentos.  
Um caminhoneiro que passava pelo perímetro e avistou o corpo, ao lado de uma moto, comunicou o fato aos cabos Almeida e Guimarães, do 19º BPM, que cumpriam plantão no posto policial do KM 12.
Eles, por sua vez, acionaram os investigadores Silva e D’ellecon Oliveira, da 13ª Seccional, onde o caso foi registrado pelo delegado Carlos Magalhães Gomes.
Até a terça-feira (13) ninguém havia se apresentado a delegacia  para testemunhar o caso.
O corpo de Alexandro foi encaminhado ao Centro de Perícias Científicas “Renato Chaves”, de Castanhal, para a realização do exame de necropsia.
Bruno Nascimento, de Paragominas.

segunda-feira, 12 de abril de 2010

Polícia Civil cria exposição para prevenir contra as drogas

A iniciativa é inédita e vai ser realizada na 13ª Seccional de Paragominas. A meta é orientar estudantes das redes pública e privada, sobre os danos causados pelas drogas.  


No prédio da seccional foi criada uma sala que mantém um acervo com mais de cem tipos de drogas que serão expostas ao público. Na exposição as drogas serão apresentadas dividas por temas, como: drogas depressoras; alucinógenas; estimulantes; cânhamo da índia; maconha terapêutica; canabis sativa; cocaína e seus derivados; anabolizantes e inalantes.

Esse trabalho segundo os investigadores Paulo Henrique e D’ellencon Oliveira é uma continuação da operação “Nautillus II”, realizada em Paragominas, onde foram presos 42 traficantes naquela região. A diferença é que esta ação tem cunho educativo e preventivo, “Não adianta só fazer o trabalho de repressão, temos que fazer o trabalho de prevenção”, disseram os investigadores.

Além disso serão expostas matérias jornalísticas sobre tráfico de drogas no estado do Pará e matérias regionais publicadas em jornais impressos.  Ainda fazem parte da exposição, livros, catálogos, e outros impressos, que juntos totalizam mais de cinco mil páginas com informações.

Palestras sobre prevenção contra as drogas também serão levadas também para os estudantes. Só na rede pública a meta é atingir aproximadamente trinta mil alunos e na rede particular mais cinco mil. A partir dessa ação serão criados agentes multiplicadores.

Mais de 14 profissionais da Superintendência Regional da Zona Guajarina (SRZG), entre delegados e investigadores, estão empenhados no trabalho de prevenção que será realizado a partir desta segunda-feira, 12, em Paragominas.

Serviço:
O prédio da 13ª Seccional de Paragominas fica localizado na avenida Portugal, próximo a sede regional do Incra. Ela estará  disponível ao público no horário de 15h as 17h, de segunda a sexta.

A direção da seccional pede aos diretores de escolas que estiverem interessados nas palestras sobre as drogas que entrem em contato pelo telefone: (091) 3729-4977.

Bruno Nascimento, de Paragominas.

Homem é assassinado a facadas

Foi na cidade de Paragominas. O crime aconteceu na noite da última sexta-feira, 09, às 22h30, no bairro Cidade Nova.


Manoel Jurandir Gomes Pessoa chegou embriagado em sua residência, e teria notado que o lugar estava bagunçado. Logo depois reclamou sobre isso com pessoas que moram na casa.

Ele foi até o quarto para reclamar com o genro, Jorge dos Santos Rocha. Durante a discussão Manoel se apoderou de um facão, e o clima esquentou. Foi o suficiente para ambos travarem uma luta corporal que começou no quarto e terminou no meio da rua Nossa Senhora de Lourdes.

Jorge pegou uma faca e desferiu uma sequência de golpes pelo corpo de Manoel. As facadas atingiram o tórax, pernas e a cabeça da vítima. O fato foi comunicado à irmã de Manoel, Maria Rita Gomes de Oliveira, que ainda encontrou o corpo de seu irmão estendido no chão.

Os investigadores D’ellecon Oliveira e Silva ainda foram ao local, mas não conseguiram capturar Jorge, que fugiu sem deixar pistas. O caso foi registrado na 13ª Seccional e vai ser apurado pelo delegado Carlos Magalhães Gomes.

Quem souber de alguma informação sobre o paradeiro do acusado deve ligar para os telefones: (091) 3729-4977 (Seccional) ou 181 (disque denúncia).     

Bruno Nascimento, de Paragominas.

INPE REVELA REDUÇÃO DO DESMATAMENTO NA AMAZÔNIA

 Dados divulgados pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) apontaram queda de 51% no desmatamento da Amazônia, entre agosto de 2009 e fevereiro de 2010, comparado ao mesmo período do ano anterior. De acordo com a ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, o número é resultado do esforço conjunto entre os órgãos federais e estaduais. Entre os programas do governo, ela destacou as ações do Mutirão Arco Verde Terra Legal, que viabiliza a realização do Cadastro Ambiental Rural. Por meio dele o proprietário regulariza a área e define a Reserva Legal e as Áreas de Proteção Permanente (APPs). “Esse é o passo mais importante para a regularização ambiental das propriedades rurais e assegura o trabalho da agricultura e a proteção do meio ambiente”, disse a ministra.

     A ministra ainda destacou a melhoria da atuação das ações de comando e controle, a participação da sociedade civil nos debates sobre políticas públicas e o corte de crédito público aos responsáveis pela destruição das florestas. Depois de cerca de dez meses da implementação do Mutirão Arco Verde Terra Legal na região, as ações desenvolvidas nos municípios mostram resultados. Dos 43 municípios que compõem a lista dos maiores desmatadores da Amazônia, 12 deles tiveram queda superior a 80% do desmatamento registrado entre agosto de 2008 e fevereiro de 2009; 18 tiveram queda entre 54 e 80% e apenas um registrou aumento de 34% .

     O deputado federal Zé Geraldo acredita que a redução do desmatamento também é fruto de uma ação da sociedade civil nacional e internacional pela preservação das florestas. “Numa sociedade globalizada, as informações circulam em tempo real e já é possível articular alianças com os consumidores e os setores produtivos econômicos internacionais para orientar que só adquiram produtos originados de madeira certificada no Brasil, sem trabalho escravo e área regularizada”, destaca o parlamentar, acrescentando que “a própria sociedade e o governo brasileiro estão muito mais atentos ao desmatamento irregular, além de punir com prisão e multas altíssimas”, relata.

     Reunião - Este mês os órgãos envolvidos no combate ao desmatamento vão se reunir em Brasília para avaliar os números de 2009. Os debates serão voltados para quatro eixos: números e fiscalização do desmatamento em unidades de conservação; assentamentos rurais; políticas públicas; e o Plano Nacional sobre Mudança do Clima, que tem a meta de reduzir o desmatamento da Amazônia em 80%, até 2020. A ministra acredita que o Brasil vai atingir essa meta antes do prazo firmado pelo Brasil na Convenção do Clima, em Copenhague, no final do ano passado.

     Mutirão Arco Verde Terra Legal - Em combate ao desmatamento e à grilagem de terras na Amazônia foi criado, pelo governo federal, o Mutirão Arco Verde Terra Legal. O programa concentra atividades em 43 municípios prioritários para a prevenção e controle do desmatamento. Essas cidades reúnem 55% do desmatamento na região (Amazonas, Maranhão, Mato Grosso, Pará, Rondônia e Roraima). Para sair da lista, é necessário realizar o Cadastro Ambiental Rural (CAR) em pelo menos 80% do território do município. 

quinta-feira, 8 de abril de 2010

Começam 3ª etapa das vacinas contra o vírus H1N1 em Paragominas

Entre os dias 05 a 23 de abril, será a vez dos jovens na faixa etária entre 20 a 29 anos se vacinar contra o vírus H1N1. Em Paragominas, no sudeste do estado, foram destinadas 20.000 doses da vacina. Até agora, cerca de mil jovens se vacinaram. Um número considerado pequeno perto dos vinte mil. Para isso, a Secretaria de Saúde de Paragominas, realizará no próximo sábado, dia 10, o dia “D”. Onde técnicos em enfermagem farão plantão nos 11 postos de saúde espalhados pela cidade. Além de escolas e os Hospitais da cidade. Para que nenhum jovem fique de fora.

Na quarta etapa será a vez dos idosos com mais de 60 anos com doenças crônicas, eles deverão procurar uma das 11 unidades de saúde mais próxima de sua residência entre os dias 24 de abril a sete de maio.

A última etapa será para os adultos entre 30 a 39 anos, no período de 10 a 21 de maio.   

Segundo Michele Furlan, coordenadora de imunização da Secretaria Municipal de Saúde de Paragominas, a meta será vacinar a população que já chega a quase 100.000 habitantes.

A primeira etapa destinada aos índios e aos profissionais de saúde foi um sucesso. Onde foram destinadas 2.000 doses da vacina. A segunda etapa, foram destinadas 11.300 doses. A meta é vacinar toda população de Paragominas  que já chega aos seus quase 100.000 habitantes.

Bruno Nascimento, de Paragominas. 

OPHIR LOYOLA CHAMA PACIENTES PARA CONSULTAS EM RADIOTERAPIA

 Dia 8 de abril é o Dia Mundial de luta contra o Câncer. Neste sentido, o Hospital Ophir Loyola, que atende 100% pelo Sistema Único de Saúde (SUS) os cidadãos dos 144 municípios paraenses, solicita que pacientes do interior do Estado e da Região Metropolitana de Belém compareçam o mais breve possível no hospital para antecipar a primeira consulta médica em radioterapia.

     Os pacientes devem procurar o setor de marcação de consulta do Ambulatório do Hospital, com sua documentação, de segunda a sexta-feira, de 8h às 18h, na Tv. 14 de abril nº 1464, bairro de São Brás, Belém/PA. Estes pacientes, por motivos diversos como o fato de alguns não possuírem telefone, não estão sendo localizados pela equipe de Serviço Social.

     Além de Belém, o hospital está convocando pacientes dos municípios de Cametá, São Miguel do Guamá, Soure, Ourilândia do Norte, Igarapé-Miri, Breves, Capitão Poço, Igarapé-Açu, Acará, Redenção, Marituba, Castanhal, Moju, Concórdia do Pará, Jacundá, Barcarena, Tracuateua, Nova Ipixuna, Garrafão do Norte, Santarém Novo, Santa Isabel do Pará, Abaetetuba, Magalhães Barata, Marabá, Canaã dos Carajás, Primavera, Vigia, Santa Luzia do Pará, Pau D'Arco, Tucuruí, Capanema, Bragança, Salinas, Viseu, Santa Cruz do Arari, São Francisco do Pará, Paragominas, Baião, Rondon do Pará, Nova Esperança do Piriá, Irituia, Ananindeua, Marapanim, São Caetano de Odivelas e Bujaru. 

     De acordo com o diretor geral Paulo Soares, o hospital já normalizou o atendimento de pacientes em radioterapia.  "A convocação está sendo feita antes mesmo de a instituição de saúde inaugurar um dos maiores e mais modernos parques radioterápicos do Brasil". 

     O Hospital Ophir Loyola, referência em oncologia na rede de saúde pública, informa que está trabalhando com a capacidade máxima para cuidar das pessoas e a média atual de atendimentos em radioterapia, no momento, tem sido de 115 pacientes novos por semana, além dos que já estão em tratamento. O HOL aguarda todos os pacientes dos municípios citados acima que, podem obter outras informações pelos telefones:

(091) 3342-1362 na Coordenação do Ambulatório
(091) 3342-1357 no Setor de Serviço Social da Radioterapia
(091) 3342-1363 no Serviço Social do Ambulatório. 

quarta-feira, 7 de abril de 2010

Índios ocupam Pólo da Saúde Indígena

O fato aconteceu ontem (06), em Paragominas, no sudeste do estado, quando índios da etnia Tembé ocuparam a sede do Pólo da Saúde Indígena no município. Eles exigem a mudança na direção atual. A manifestação foi pacífica durante a ocupação, onde não foi registrado confronto.

Segundo Lucídio Lobato, secretário de saúde de Paragominas, os índios pedem ainda melhorias na saúde ofertadas a eles.

Desde março o Pólo da Saúde Indígena de Paragominas está sem médico. Mas o município está viabilizando a contratação de um novo profissional para atender a população indigenista. São mais de seis etnias que a cidade atende, cerca de 1.100 índios. Eles pediram mais facilidades para conseguir atendimentos médicos. Pois algumas etnias ficam afastadas do pólo.

Em seguida, os índios foram recebidos pelo prefeito, Adnan Demackhi, onde ficou acordado que seria mudada a direção do pólo e a contratação de um médico para cuidar da saúde indígena de Paragominas. Caso isso não aconteça e não contratarem um novo profissional de saúde, pode ser que eles voltem a ocupar o Pólo da Saúde Indígena.

Bruno Nascimento, de Paragominas.

"Maresia" é preso em Paragominas


Valdeir Rodrigues Ferreira, mais conhecido como “Maresia”, 31 anos, foi preso na madrugada de terça-feira, 06, às 05h30, no bairro Promissão I, em Paragominas.

A prisão foi feita por uma guarnição da PM, comandada pelo capitão João Luiz, da 13ª Zpol. O acusado já tinha várias passagens pela polícia por assaltos e tentativas de furtos.
Desta vez, na tentativa de executar mais uma ação, “Maresia” tirou a roupa, ficou apenas de cueca, passou sabonete pelo corpo e conseguiu entrar em uma residência, pela janela do banheiro, nos fundos da casa.
O proprietário do imóvel, que preferiu não ser identificado, disse que notou a movimentação na área da conzinha. Ao tentar verificar o que estava acontecendo, se deparou com “Maresia”. O mesmo pegou uma faca e desferiu contra o dono, ao ponto de riscá-lo em algumas partes do corpo.
Ainda assim o proprietário conseguiu ligar para o Centro Integrado de Operações Policiais (Ciop) do 19º BPM, que deslocou uma guarnição a residência para prender o acusado.
Com “Maresia” os policiais apreenderam uma faca e um facão, em seguida ele foi encaminhado para 13ª Seccional de Paragominas, onde foi autuado por tentativa de assalto pelo delegado Raimundo Xavier de Souza.
Bruno Nascimento, de Paragominas.

terça-feira, 6 de abril de 2010

Morre terceira vítima de acidente na BR-010



Morreu no último sábado, no Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência, em Ananindeua, por volta das 23h, Yara Nacamura dos Santos, 33 anos, que não resistiu aos graves ferimentos e à fratura craniana decorrentes de um acidente de carro na BR-010 (Belém-Brasília, à altura do quilômetro 178, na última sexta-feira).
Yara viajava de Imperatriz, no Maranhão, para Salinas, no nordeste do Pará, juntamente com Osenir Rabelo dos Santos que dirigia o veículo.

Além de Osenir e Yara, mais quatro pessoas estavam no carro. Amanda Machado dos Santos, 14 anos, Sayure Nacamura dos Santos, 9 anos; Sabrina Ribeiro dos Santos 11, e Vitória Machado Cardoso dos Santos, 13. Yara é a terceira vítima fatal do acidente.

A menina Vitória Machado, teve morte instantânea. Após ser encaminhada do Pronto-Socorro Municipal de Paragominas para o Hospital Metropolitano com fraturas profundas em seu rosto e traumatismo craniano, Sabrina Ribeiro dos Santos.

Outros três passageiros do carro continuam internados no Hospital Metropolitano de Ananindeua e o estado de saúde delas é grave. Osenir vai passar por uma nova cirurgia, ele teve uma fratura no úmero esquerdo. Amanda teve fraturas na face e traumatismo craniano e está na UTI pediátrica e Sayure também segue internada pois teve traumatismo craniano e já passou por uma cirurgia para tratar uma lesão na bexiga. (Diário Online com informações de Bruno Nascimento)

Siga o ParagoNews

Minha lista de blogs