segunda-feira, 28 de junho de 2010

Final de semana sangrento em Paragominas


O sábado (26) foi marcado por quatro mortes e um baleamento, em Paragominas, região nordeste do estado.

Além da morte do soldado Raelson Ferreira de Moraes, do 19º BPM, o qual foi atingido com cinco tiros a queima roupa, duas horas depois ocorreram mais 3 assassinatos e um baleamento.

A segunda vítima foi Luiz Carlos da Conceição dos Santos. Ele foi atingido com dois tiros, as 02h30 de sábado. Um dos disparos foi na cabeça e parte da massa encefálica ficou exposta. O outro tiro foi no peito. O crime ocorreu às margens da PA-125, perímetro da rodovia que corta Paragominas. Os investigadores Manoel Cristiano e Augusto Sérgio fizeram buscas, mas, a polícia ainda não tem pistas dos autores do assassinato.

Por volta das 05h, quatro pessoas em duas motocicletas passaram pela rua Itapemirim, no bairro Bela Vista e efetuaram disparos contra Genilson Barbosa Soares, 21 anos. A vítima acabou sendo atingida com tiros na cabeça e não resistiu aos ferimentos.

O amigo de Genilson, Daniel Francisco Colácio da Cruz, 23 anos, foi alvejado com um tiro no peito, outro na perna e um terceiro no rosto. A polícia foi comunicada através do Centro Integrado de Operações Policiais (Ciop-190). Francisco Colácio foi encaminhado para o Pronto Socorro Municipal, onde foi submetido à cirurgia para retirada das balas. Seu estado de saúde ainda é grave.
Próximo à Escola Estadual “Guilherme Gabriel”, no bairro Camboatã II, um menor de 17 anos, foi assassinado com  tiros à queima roupa. Foi a quarta morte registrada na madrugada de sábado.

Eram 05h30, quando os investigadores da 13ª Seccional  foram informados que havia mais uma pessoa morta. O corpo estava na rua completamente deserta. Os policiais o removeram para o necrotério da cidade.

A mãe do adolescente, Nair da Silva Silva, esteve no Necrotério para fazer o reconhecimento. Ela relatou ao escrivão Paulo Sérgio que o menor saiu de casa, há algum tempo, para morar com uns amigos, e que ela não os conhecia. O menor já tinha passagens pela Delegacia por pequenos delitos.  

Curiosos chegaram a lotar o necrotério de Paragominas na tentativa de ver os cadáveres. O local teve que ser isolado para não criar tumulto. Muitos diziam que o final de semana como este só ocorria na época em que a cidade era chamada de “Paragobala”.

Os casos foram registrados na 13ª Seccional de Paragominas, onde o delegado Raimundo Xavier de Souza abriu inquéritos para apurá-los.

Denuncie: A Polícia Civil de Paragominas pede para quem tiver maiores informações que possam levar a prisão dos assassinos, para ligar para o telefone (091) 37294977 (13ª Seccional), (091) 37293190 (19º BPM) ou dique-denúncia (181).

Bruno Nascimento, de Paragominas.

PM é assassinado em Paragominas


O soldado Raelson Ferreira de Moraes, 24 anos, lotado no 19º BPM de Paragominas, região nordeste do Pará, foi morto com cinco tiros à queima roupa, no bairro Cidade Nova.

O crime aconteceu por volta de 01h40 de sábado, durante a realização de uma festa de aparelhagem no bairro Cidade Nova, área periférica da cidade.

O soldado Raelson teve um desentendimento com Edivaldo Pereira Mendes Filho, 31 anos, mais conhecido no mundo do crime em Paragominas, por “Dida”. Eles chegaram a se agredir fisicamente. O soldado da PM acabou acertando uma coronhada na cabeça de “Dida”.  

Após a briga, tanto o PM, quanto “Dida” e o primo dele, conhecido pelo prenome de “Dimael”, foram retirados da festa pela equipe de segurança para evitar mais tumulto. O soldado Raelson continuou ingerindo bebida alcoólica em uma loja de conveniência na praça do “Ginásio”, as proximidades do local, acompanhado por amigos.

Segundo testemunhas “Dida”, que estava acompanhado por uma irmã e um primo, estava bastante alterado e queria se vingar. “Dimael” que tinha em seu poder uma arma de fogo, repassou o revólver para “Dida”, que por sua vez, foi até o policial e começou a realizar os disparos.
Após ser atingido Raelson caiu no chão se contorcendo. O criminoso chegou a pegar a arma do PM, e com ela, chegou a efetuar mais disparos contra o mesmo.

Câmeras de vigilância geral do 19º BPM registraram todas as cenas do crime. O vídeo não foi liberado para imprensa para não atrapalhar as investigações.
“Dida” e o primo “Dimael” apanharam um táxi no local e foram ao bairro Promissão III, onde fica situada a residência do acusado. Segundo o taxista que se apresentou em seguida na 13ª Seccional, ele teria sido refém dos assassinos. A Polícia Civil continua investigando se existiu ou não a participação do taxista no crime. O vídeo mostra uma multidão na cena do crime, incluindo o taxista, que logo depois, fez a corrida para os acusados.

O soldado Raelson foi socorrido, mas, a caminho do Pronto Socorro Municipal de Paragominas, não resistiu aos ferimentos e morreu. Homens da Polícia Militar continuam as buscas na tentativa de capturar “Dida” e “Dimael”.
Em menos de 15 dias esse é segundo PM vítima de assassinato, com tiros a queima roupa, na região de Paragominas. O assassino do cabo Geneton, executado em Ulianopólis, ainda não foi pego.

O corpo do soldado foi encaminhado para o Centro de Perícias Científicas “Renato Chaves” de Castanhal. Em seguida, entregue para família que reside em Castanhal. O crime está sendo apurado pelo delegado Raimundo Xavier de Souza.

Raelson Ferreira de Moraes, 24 anos, ingressou na Polícia Militar em 2005, após ser aprovado em concurso, na época, o jovem tinha apenas 19 anos. Após a conclusão do curso de aluno soldado da PM realizado no Comando de Policiamento Regional III, de Castanhal, o soldado foi encaminhado para o 19º Batalhão de Polícia Militar de Paragominas, onde prestava serviço desde 2006.

O militar era bastante querido entre os amigos de farda. Os policiais o definiram como uma pessoa sempre alegre e que parecia nunca passar por momentos ruins. Além da esposa o militar deixou uma filha de três meses.

Bruno Nascimento, de Paragominas.

Amigos e familiares se despedem do soldado Raelson

Em Castanhal, após a realização do exame de necropsia no Centro de Perícias Científicas “Renato Chaves”, o corpo do soldado Raelson foi liberado para ser velado na casa de sua família na comunidade do Morrinho, situada no bairro da Saudade.
Uma caravana formada por militares do 19º BPM de Paragominas se deslocou até o município para prestar as últimas homenagens ao companheiro. Do 5º BPM de Castanhal um grande número de militares também participou da cerimônia fúnebre. E foram os companheiros de farda que ajudaram a carregar o caixão.
O enterro aconteceu no cemitério municipal de São José, por volta das 10h. Antes do sepultamento foi realizada uma parada na capela para um momento de oração. 

Também foi ao lado da capela que quatro militares, sob o comando do tenente João Luiz, do 19º BPM, realizaram a salva de tiros. O hino da polícia militar foi
entoado pelos companheiros e encerrou a despedida. Familiares e amigos esperam que os assassinos sejam presos para que haja justiça.

domingo, 27 de junho de 2010

Almir e Jader se unem para eleger Juvenil


O ex-governador tucano Almir Gabriel participará ativamente da campanha do candidato peemedebista ao governo, deputado Domingos Juvenil. Os detalhes foram acertados ontem durante um café da manhã que, além de Juvenil e Gabriel, reuniu o presidente do PMDB do Pará, deputado federal Jader Barbalho. Almir ajudará na elaboração do programa de governo. Também participará do programa eleitoral no rádio e TV e estará nos palanques do PMDB.

O encontro de Jader, Almir e Juvenil durou cerca de três horas. Foi no apartamento do ex-governador tucano, no centro de Belém. Jader e Juvenil chegaram pouco depois das 8h30. Almir já os esperava na portaria do prédio. Trocaram cumprimentos, falaram do clima e das respectivas famílias enquanto subiam até o oitavo andar, onde Almir mora.

A mesa do café já estava posta. Almir serviu frutas, pães e tapioquinhas para os convidados. Permitiu que os fotógrafos registrassem o encontro, mas depois pediu que a imprensa se retirasse. A conversa se estendeu até às 11h30.

Reportagem completa amanhã.

Você leitor do Blog do Bruno Nascimento, amanhã você fica por dentro do assassinato do PM Raelson Ferreira, lotado no 19º Batalhão de Polícia Militar de Paragominas, região nordeste do Pará. A reportagem completa você acompanha aqui no BLOG DO BRUNO NASCIMENTO. Além da execução do soldado da PM, na última sexta-feira, a cidade de Paragominas reviveu os momentos de "Paragobala", o que resultou na morte de mais três rapazes, entre eles um menor. Outro continua em estado grave no Pronto Socorro Municipal.

A reportagem completa sobre o enterro do sd Raelson na cidade de Castanhal.

Sobre as execuções em Paragominas, entre outras, você encontra aqui.

Deixem seus comentários, faça valer a sua visita.

Bruno Nascimento

quinta-feira, 24 de junho de 2010

Ciclo de Debates e Workshop “Questões Regionais, Ambientais e Urbanas”

A Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC/SP), em parceria com a Ordem dos Advogados do Brasil, seção Pará, Centro de Estudos Impacto e Prefeitura de Paragominas, realiza, dias 24 e 25 de junho, os dois últimos eventos do Ciclo de Debates e Workshop “Questões Regionais, Ambientais e Urbanas” com o objetivo de promover a integração entre todas as instituições, setores econômicos e comunidade local, buscando reduzir os litígios e conflitos através do debate de idéias, além de divulgar as boas práticas de gestão de sustentabilidade, como é o caso de Paragominas, o primeiro “Município Verde” da Amazônia.

quarta-feira, 23 de junho de 2010

Arraiá Verde em Paragominas


Paragominas terá seu primeiro arraial totalmente verde este ano. É que a festa junina será realizada, pela primeira vez, no Parque Ambiental da cidade, de 25 a 27 de junho, sempre a partir das 19h. A Secretaria Municipal de Cultura (SECULT) é quem está organizando a festa e preparando a programação.
Segundo a Secretária de Cultura, Aparecida Luciano, a idéia de fazer o arraial no Parque Ambiental é pela temática, que tem tudo haver com o momento que a cidade está passando, como primeiro município a sair da lista do desmatamento. Além disso, segundo ela, o Parque retrata a cultura de Paragominas. “Já temos as barracas construídas, herança deixada pelos jogos indígenas, e o terreiro, onde as quadrilhas poderão dançar e fazer as coreografias mais a vontade”, explica Aparecida.
Outro diferencial do arraial de Paragominas é que as barracas de comidinhas e bebidas (não-alcóolicas) serão comandadas pelos formandos do ensino médio e universitários. “Esse foi um jeito que a prefeitura encontrou de ajudar os estudantes, cadastrando-os para vender as comidas típicas e assim angariar fundos para a tão sonhada formatura”, afirma o prefeito Adnan Demachki.

Na programação, muita dança com o concurso de quadrilhas. Este ano, seis grupos culturais se inscreveram para participar do concurso. Ganha quem tiver mais desenvoltura e melhor coreografia. Ainda de acordo com Aparecida Luciano, o “arraiá” deste ano é totalmente voltado para a família. “Vamos ter apresentações de quadrilhas mirins e da terceira idade, com o grupo Yucatã, do Espaço Cultural, além de apresentações de dança portuguesa e Boi Bumbá. Serão noites voltadas para a família se divertir e curtir a festa junina”, diz a secretária.
Na abertura do evento, na noite de sexta-feira, 25, será realizada a apresentação das seis quadrilhas. No sábado, 26, é a vez do grupo de dança Portuguesa, Boi Bumbá, Passo de Fitas, Quadrilha Mirim da Catequese e muito forró pé-de-serra para quem não resiste aos ritmos juninos.
No domingo, 27, fechando a programação, o tradicionalíssimo Casamento na Roça, apresentação da quadrilha campeã do concurso e o grupo folclórico Paranativo, que vem direto de Belém para Paragominas, mandando o melhor da música e dança paraense, como o xote de Bragança, o carimbó e o siriá.
Serviço: “Arraiá Verde”, em Paragominas. De 25 a 27 de junho, no Parque Ambiental, sempre a partir das 19h.

segunda-feira, 21 de junho de 2010

Homem é achado morto em etnia indígena

 
No último sábado, por volta das 09h, foi encontrado um corpo de um homem próximo à aldeia Tembé, no município de Paragominas, região nordeste do Pará.

O cabo Almeida da Polícia Militar de Paragominas, destacado pro assentamento Caip, tomou conhecimento sobre um cadáver localizado em uma estrada vicinal próximo à aldeia Tembé, área rural de Paragominas, a cem quilômetros da sede urbana da cidade. Por sua vez, o Policial Militar, entrou em contato com a 13ª Seccional. Então, os investigadores D’ellecon Oliveira e Denílson José foram até o local indicado.  

Ao chegarem à naquela localidade, o corpo já estava nas dependências da etnia Tembé. Os indígenas já estavam realizando o ritual fúnebre. Ao serem questionados sobre quem teria assassinado o homem, os índios disseram apenas que encontraram o corpo naquela estrada vicinal. Que eles teria sido morto com várias pauladas e não souberam dizer quem seria o autor do crime. Então, os investigadores conduziram o cadáver até o Necrotério que funciona nas dependências do Hospital Municipal de Paragominas.

quinta-feira, 17 de junho de 2010

Jovem gay faz mais sexo desprotegido do que hétero

Um estudo divulgado nesta quinta-feira pelo Ministério da Saúde, mostra que o jovem homossexual está se protegendo menos do que os jovens heterossexuais. Na pesquisa, foram entrevistados 3.610 homens de dez cidades brasileiras em 2008.

29,3% dos jovens homossexuais utilizaram preservativo nas relações com parceiros fixos no ano anterior à pesquisa. Já no caso dos heterossexuais, o percentual foi de 34,6%.

78,9% dos gays usaram preservativos na primeira relação sexual. Entre os Heterossexuais, 21,6% usaram preservativo na primeira relação. Esse número corresponde a pessoas entre 25 e 64 anos. (Terra)

terça-feira, 15 de junho de 2010

Paragominas recebe novos 58 Policiais Militares


Em Paragominas, a governadora Ana Júlia participou da solenidade de formatura de 58 novos soldados da Polícia Militar, o que representa um aumento de 40% em relação à situação que o Governo Popular encontrou o policiamento em Paragominas. "Antes tínhamos 300 homens e mulheres. Hoje estamos com 530 e, até o final de 2010, o efetivo de Paragominas será de 570 militares", garantiu o comandante geral da Polícia Militar do Pará, coronel Augusto Leitão, que participou da formatura dos soldados.

Após passar sete meses no Curso de Formação, o jovem soldado Joaquim Vasconcelos sagrou-se o primeiro colocado do Curso e, acompanhado dos seus familiares, recebeu a insígnia de soldado das mãos da governadora Ana Júlia Carepa, ato repetido pelos paraninfos dos demais 57 soldados recém-formados.

A governadora Ana Júlia lembrou que a situação em que encontrou a segurança pública do Pará era caótica, pois durante 10 anos antigos governantes não colocaram nas ruas um novo policial militar sequer. "Com os dois concursos que realizei, 3.700 policiais militares serão colocados para trabalhar pela segurança da população paraense", assegurou Ana Júlia, anunciando que ainda neste mês de junho mais 756 soldados militares serão incorporados ao efetivo policial de Belém.

O prefeito de Ipixuna do Pará, Evaldo Cunha, reconheceu o trabalho de integração e desenvolvimento que o Governo Popular vem executando em todas as regiões do Pará, e em várias áreas, como educação, saúde, assistência social e técnica, segurança pública e urbanização. "Parabenizo não só por ser governadora, mas por ser mulher, pela sua coragem, inclusive de trazer mais 60 homens e mulheres para trabalhar pela segurança da população deste município", disse ele.

De acordo com o coronel Eder, comandante da regional 6 (responsável pela área do Rio Capim), dos 58 novos soldados, somados aos outros 40 que se formação em dezembro, quarenta serão distribuídos para atuar nos 16 municípios da região do Rio Capim. "Como é bom ver policiais militares formados. E, mais que isso, é bom vê-los trabalhando nas nossas regiões", declarou o prefeito de Paragominas, Adnan Demacki, felicitando os novos soldados formados e entregues pelo governo do Estado ao município.

Participaram da agenda da governadora Ana Júlia no município de Paragominas o secretário de Estado de Integração Regional, André Farias; a presidente do Instituto de Assistência dos Servidores do Estado do Pará (Iasep), Sandra Leite; os deputados federais Paulo Rocha e Zé Geraldo; os deputados estaduais Valdir Ganzer e Roberto Santos; o vereador de Belém, Pastor Raul; a ex-secretária de Estado de Desenvolvimento Urbano, Suely Oliveira, além dos prefeitos agraciados com as patrulhas: Márcio da Silva (PR), de Aurora do Pará; Evaldo Cunha (PT), de Ipixuna do Pará; Francisco Braga (PR), de Mãe do Rio; Olávio Rocha (PMDB), de Rondon do Pará; Carlos Vinícios Vieira (PMDB), de Tomé-Açu e Jonas Souza (PTB), de Ulianópolis. O prefeito de Abel Figueiredo, Hildefonso Araújo (PP), já havia retirado os equipamentos em Paragominas para levar ao seu município.

Policial Militar é executado em Ulianopólis

O crime aconteceu no último sábado (19), um Policial Militar  reserva foi executado com tiros à queima roupas, em Ulianopólis, região nordeste do Pará.

Geneton Viera Pereira teria ido até seu sítio, no assentamento Água Branca, às margens da Rodovia Belém-Brasília (BR-010), acompanhado por um marceneiro. Segundo informações, ele teria ido fazer orçamento para móveis  que seriam colocados futuramente na casa dele.

Na volta para sede daquele município, o Ex-Policial Militar Geneton deixando o sitio, em seu carro próprio, pediu para que o marceneiro descesse e abrisse a porteira. Em questões de segundos, foi alvejado no abdômen por pessoas ainda desconhecidas com um tiro de calibre 12. Geneton não resistiu os ferimentos caiu ao volante do carro e veio a óbito. O marceneiro sem reação apenas fugiu do local na tentativa de sobrevivência.

Através de uma ligação para Delegacia de Ulianopólis, o investigador Evandro Ferreira esteve no local, mais não conseguiu encontrar suspeitos.

O corpo foi levado para o Necrotério que funciona no Hospital Municipal de Ulianopólis, em seguida encaminhado para Centro de Pericias Científicas “Renato Chaves” de Castanhal.

O clima naquela cidade é de silêncio, pelo crime bárbaro ocorrido neste final de semana. O caso foi registrado na Delegacia de Ulianopólis, onde o delegado Joazil Machado Serrão abriu um inquérito para apurar o caso.

Denuncie: As Polícias Civil e Militar pede para quem tiver alguma informação que possam levar até os homicidas, ligar para o telefone (091) 37261176, Delegacia de Paragominas. (091) 37293747 (19º BPM) ou disque denuncia (181).      

Bruno Nascimento, de Paragominas. 

Falso policial é preso na cidade de Paragominas

Em Paragominas, região nordeste do Pará, através de denuncia anônima para Polícia Civil, investigadores chegaram até um falso Policial. Uma senhora preferiu ter seu nome não identificado, vinha sendo ameaçada por Antonio Luiz dos Santos Lima que se passava por Policial Civil e usava o nome de Augusto Sérgio Monteiro da Silva. Ele vinha aplicando golpes em várias pessoas em Paragominas.

A vitima já teve passagem pela Delegacia de Paragominas, pelo fato de ter sido traficante. Ela teria ficado amedrontada, com as ameaças de voltar para cadeia realizada Antonio Luiz. O falso policial pedia para que a mesma informasse nomes de traficantes que atua em Paragominas, caso a mesma não ajudasse a Polícia, voltaria para cadeia em questões de dias. Preocupada ela fez uma ligação para Seccional da cidade pedindo informações sobre o falso investigador. Segundo ela, por não ser mais traficante a muito tempo.

O caso chegou ao conhecimento do investigador Paulo Henrique, chefe de operações e investigador Denílson que pediram apoio ao capitão João Luiz, comandante da 13ª Zona de Policiamento. Eles foram até o local indicado pela denunciante. Ao chegar a um quarto no hotel que o mesmo estava hospedado, foi encontrada uma carteira de identidade funcional da Polícia Civil do Pará falsificada.

Perante a prova encontrada, ele foi encaminhado até a 13ª Seccional de Paragominas. Em depoimento ao escrivão Paulo Sergio, o acusado alegou ter encontrado a identidade funcional na lixeira da Delegacia de Mojú, nordeste paraense.

 

Ele foi autuado em flagrante por uso de identidade falsa pelo delegado Raimundo Xavier de Souza da 13ª Seccional de Paragominas.

Denuncie: A Polícia Civil de Paragominas, pede para quem chegou a ser vitima do falso policial ligar para o telefone (091) 37294977 (13ª Seccional) ou disque denuncia (181) da Polícia Civil. 

Bruno Nascimento, de Paragominas.

segunda-feira, 14 de junho de 2010

PM fecha mais uma “boca” em Paragominas


Uma denuncia anônima levou a prisão de uma traficante, no bairro Nagibão I, distrito de Paragominas, região nordeste do Pará.

Um senhor que preferiu ter seu nome preservado procurou na noite de quinta-feira, a guarnição composta pelos cabos Valmor, Márcio, Almeida e Teles, e soldado  Raelson, ambos do Posto da Polícia Militar do Km 12 de Paragominas e denunciou que numa rua do bairro Nagibão I, funcionava uma “boca de fumo”.

Os policiais foram até o local e montaram campana para observar a grande movimentação. Por volta de 22h30 da última quinta-feira, eles fizeram a abordagem e encontraram no interior da residência de Maria do Rosário Nunes Castro, 40 anos, mais conhecida por “Liene”, uma bolsa com 12 gramas de maconha, 11 petecas de pasta base de cocaína, uma agenda com vários telefones, identidades, provavelmente empenhoradas, uma cueca porta drogas e R$ 124,00 em espécie.

No quintal da residência os policiais também localizaram os usuários Manoel da Silva Vieira, 23 anos, conhecido por “Dadá” e Edilson Borges Reis, 41, além de Carlos Mauricio Souza Peixoto, que nega ser usuário.

Liene nega ser a proprietária do entorpecente. Mas os usuários confessaram que ela é uma traficante.
Todos foram conduzidos até a 13ª Seccional de Paragominas, onde o delegado Raimundo Xavier de Souza autuou “Liene” por tráfico de drogas. Os usuários assinaram Termos Circunstanciados de Ocorrências (TCO) e foram liberados.

Bruno Nascimento, de Paragominas.

quinta-feira, 10 de junho de 2010

Namorado promete se entregar à Polícia

O jovem Antônio Ademir prometeu na tarde de hoje, se entregar amanhã ou no sábado (12) para Polícia Civil de Paragominas. Ele poderá ser a peça chave para desvendar o que realmente teria acontecido na noite de ontem, no bairro Cidade Nova, área periférica de Paragominas, região nordeste do Pará.

Andresa Carvalho de Araújo, 21 anos, apareceu morta na "kit-net" do seu namorado, Ademir Araújo. Segundo testemunhas que estavam no local, eles teriam entrado para o quarto, como de rotina. Em um dado momento, escultaram um disparo. Andresa Carvalho, estava caída no chão, atingida com um tiro na cabeça. Ela imeditamente foi socorrida por seus pais. Que chegaram encaminhar para o Pronto Socorro Muncipal de Paragominas (PSM). Por não ter estrutura, imediatamente foi encaminhada para Belém, a 300 quilômetros. Em meio a viagem, que duraria cinco horas, não resistiu o ferimento e faleceu.
Seu corpo seguiu para o Centro de Perícias Científicas "Renato Chaves" de Castanhal. Antônio Ademir evadiu-se do local. O que levanta suspeitas. A Polícia Civil não sabe dizer, ainda, qual verdadeiro motivo da morte da jovem. 

O caso foi registrado na 13ª Seccional de Paragominas, onde o delegado Raimundo Xavier de Souza, abriu um inquérito para apurar o caso.

Denuncie: A Polícia Civil de Paragominas, pede para quem tiver alguma informação que possa ajudar a desvendar o mistério da morte da jovem, ligar para o telefone (091) 37294977 ou disque-denúncia (181).

Bruno Nascimento, de Paragominas.

Mistério envolve a morte de uma jovem de 21 anos em Paragominas

Andreza Carvalho de Araújo de apenas 21 anos morreu ontem à noite com um tiro na cabeça por uma pistola 7.65 mm. A jovem morava na rua São José, 110, no bairro Cidade Nova, em Paragominas, região nordeste do Pará.  No momento do crime estava na companhia do seu namorado Antonio Ademir Ferreira. A Polícia trabalha com três hipóteses, suicídio, fatalidade ou homicídio. 

A jovem Andreza chegou a ser foi levada para Belém mas não resistiu ao ferimento e veio a falecer no caminho, rumo a capital paraense. A arma do crime foi encontrada no quarto onde o casal estava e encaminhada pela polícia para a o Centro de Perícia Renato Chaves, de Castanhal. 

O mesmo acontecendo com o corpo da jovem para os exames de praxe. Parentes e vizinhos estão transtornados com a morte de Andreza, pois o namoro com Antonio Ademir ia muito bem, os dois eram muito unidos e todos os admiravam. A mãe de Andreza é evangélica, a vítima trabalhava como autônoma com sua mãe no Mercado Municipal de Paragominas. Ela trabalhava na área de vendas de roupas e calçados. As investigações começaram ontem á noite mesmo, mas o mistério só poderá ser desvendado depois que o seu namorado se apresentar à polícia e dar melhores explicações sobre este triste episódio.

Jorge Quadros com Bruno Nascimento, de Paragominas.

Polícia prende usuário e maconha em Paragominas



Uma guarnição composta pelo cabo Corpis, juntamente com os soldados Jozias e Marcelo Feitosa, realizavam rondas de rotina na rua Paulo VI, no bairro Cidade Nova, área periférica de Paragominas, região nordeste do Pará.

O jovem Antonio Carlos Brito, 25 anos, jardineiro, teria demonstrado atitudes suspeitas quando a viatura 1976 do 19º Batalhão de Polícia Militar passava por aquele local por volta de 12h da última quarta-feira (09).

Homem morre destelhando residência em Paragominas





Um homem realizava destelhamento em sua própria residência. Ele começou conversar com seu vizinho, se descuidou, caiu, e morreu. No bairro Nagibão I, distrito de Paragominas, nordeste paraense.



O fato aconteceu na quarta-feira (09), por volta das 08h. Francisco Freire Carneiro, 69 anos, teria começado o trabalho de destelhamento de sua própria residência. Em seguida começou diálogos com seu vizinho. Com o passar do tempo, ele perdeu o equilíbrio e veio a cair no chão, de uma altura aproximada de dois metros.




Governadora Ana Júlia visita Paragominas amanhã


A governadora Ana Júlia Carepa (PT) estará amanhã em Paragominas, região nordeste do Pará. Acompanhada de sua comitiva. Ana Júlia realizará a solenidade de entrega de 60 (sessenta) novos soldados que se integrarão junto ao 19º Batalhão de Polícia Militar de Paragominas. Sobre o comando do Tenete-Coronel Almendra.

Será amanhã, na praça Cleodoval Gonsalves (Praça do Ginásio), às 19h. Ana Júlia visista ainda o Pólo Moveleiro Regional, e fará entrega de caminhões e trator patrou para algumas comunidades rurais da cidade. Sua agenda oficial ainda não foi divulgada pra imprensa local. 

No sábado (12) você acompanha à visita completa da Governadora em Paragominas.

Bruno Nascimento, de Paragominas.

quarta-feira, 9 de junho de 2010

Carreta tomba e mata dois em Ulianopólis



Uma carreta que deixou o município de Itinga, estado do Maranhão, carregada de soro fisiológico rumo à capital paraense, acabou furando um dos pneus dianteiros. O motorista acabou perdendo o controle, e resultou na morte de duas pessoas.

O fato aconteceu na última segunda-feira, por volta de 06h. O investigador Mendonça, da Delegacia de Ulianópolis, foi acionado via rádio, o motivo seria uma carreta que estava em um precipício na Rodovia Belém-Brasília (BR-010) no sentindo Paragominas/Ulianopolis, nordeste paraense.

terça-feira, 8 de junho de 2010

Mais um caso de pedofilia em Paragominas

Na tarsde de ontem (07), Antonio Rivaldo da Silva, de 52 anos, mais conhecido como “Dr. Sócrates”, foi conduzido até à 13ª Seccional de Paragominas, na localidade do nordeste paraense. 

A conselheira Tutelar de Paragominas, Angelita Catanhede, e o cabo Morães, juntamente com soldado Fagner foram até o acusado. Suas enteadas uma de 14 anos, outra de apenas 11 ,  acusam "Dr.º Socrates" de abusá-las por alguns meses. Segundo as meninas, o padrasto fazia “carinhos”, passando a mão em suas partes genitais. Ele aproveitava em quanto elas estavam assistindo televisão, geralmente enquanto a mãe não estava por perto.

O comportamento das meninas começou a mudar, uma professora da rede pública percebeu e começou a perguntar o que estava acontecendo. Por sua vez, as meninas criaram coragem e disseram o que estava acontecendo em casa. A professora procurou comunicou o caso a direção da escola, e por sua vez, passou para conselheira tutelar Angelita Cantanhêde.

Uma guarnição comandada pelo cabo Morais e soldado Fagner capturar o “Dr. Sócrates” que foi encontrado em casa totalmente embriagado. Mesmo assim foi encaminhado para a 13ª Depol para prestar esclarecimentos. As meninas receberam total apoio da mãe, mas mesmo assim foram encaminhadas para a Casa de Passagem e posteriormente serão levadas ao Instituto Médico Legal Renato Chaves de Castanhal para exames periciais. 

Antonio Rivaldo continua preso na 13ª Seccional de Paragominas,  segundo informações depois de prestar esclarecimentos à autoridade policial deverá ser colocado em liberdade até que tudo seja realmente esclarecido.

Policiais descobrem plantação de maconha em Concórdia do Pará


TERRENO FOI ENCONTRADO DEPOIS DE ASSALTANTE CONFESSAR ENVOLVIMENTO NO TRÁFICO DE DROGAS NA REGIÃO


Está preso na Delegacia de Concórdia do Pará, município da região do Salgado, nordeste do Pará, Josiel Pereira dos Santos, de apelido “Boca”, de 26 anos. A prisão foi realizada pela equipe comandada pelo sargento Ronaldo, da Polícia Militar de Acará. O preso estava na condição de foragido da Justiça. Ele é acusado de fazer parte de uma quadrilha de assaltantes que age na rodovia PA-140, em Concórdia do Pará. 

Após ser preso, o acusado foi apresentado na Delegacia de Concórdia do Pará, por volta de 20h, do sábado passado. Ouvido em depoimento pelo delegado Cristino Sanches Júnior, Josiel confessou que é membro do bando formado por aproximadamente quinze homens, que praticam crimes de furto em residências e roubos a ônibus e vans, na rodovia.

segunda-feira, 7 de junho de 2010

Educação familiar: estamos fazendo o certo?

Esse artigo é do jornalista Zé Dudú, de Parauapenas, sudeste paraense. Ele parou para atentar pro um outro lado da realidade. 
Pitágoras, o matemático e filósofo grego, nascido em Samos entre cerca de 570 a.C. e 571 a.C. e morto em Metaponto entre cerca de 496 a.C. ou 497 a.C. é conhecido por sua célebre frase em prol da educação das nossas crianças:

“Educai as crianças, para que não seja necessário punir os adultos."

Muito se tem comentado sobre a participação da família nos acontecimentos, as vezes fatais, com nossos jovens. Segundo a OMS – Organização Mundial de Saúde – a cada minuto, três jovens morrem em virtude da violência. O estudo leva em conta todas as formas de violência: violência juvenil, abusos sexuais contra jovens, violência sexual em geral e todas as formas de violência contra si mesmo.

Hoje de manhã, quando comecei a ler os blogs e jornais do Pará, me chamou a atenção uma matéria do jovem jornalista Bruno Nascimento, do jornal Diário do Pará. Bruno é correspondente do DP em Paragominas e conta, em sua matéria, um fato ocorrido naquele município, onde um jovem foi cruelmente morto e quase decapitado, supostamente por ser confundido com um marginal que usava os cabelos na cor vermelha, assim como a vítima.

A matéria me fez parar e pensar um pouco na vida que levamos! Alguns questionamentos me vieram à mente.
Nós, pais e responsáveis por nossos filhos, podemos, sob a alegação de que eles tem o direito ao uso da moda, permitir tudo? Podemos permitir que nossos filhos saiam de nossas casas sozinhos, se encontrem com amigos que não conhecemos? Que usem esse livre-arbítrio da forma como melhor se convierem? Que fiquem prostrados por conta de seguir uma sociedade materialista em sua essência, sendo subservientes a ela?
Será que agimos certo quando deixamos de nos colocar na situação de um pai ou mãe de família vítima dessa estatística? Será que é certo achar que coisas desse tipo não acontecerão, jamais, com nossos entes queridos?

Creio que, como eu, a grande maioria dos leitores se preocupa com os filhos. Horas incansáveis de trabalho sempre no sentido de dar a eles uma melhor educação, uma melhor saúde, melhores ambientes de lazer e cultura. Essa deveria ser, essencialmente, a nossa maior preocupação: acompanhar o crescimento, não só físico, mas mental, intelectual e espiritual de nossos filhos. Para que, quando fatos como o relatado pelo jovem jornalista Bruno Nascimento vierem à tona, possamos analisá-los de forma coerente e de coração aberto, sabedores que nossa missão está sendo cumprida e que, se passarmos por situações idênticas, teremos pecado pelo excesso, nunca por omissão.

Polícia Militar estoura boca-de-fumo em Paragominas



O fechamento da boca-de-fumo aconteceu no último sábado (05), por volta das 15h, no bairro Cidade Nova, área periférica de Paragominas, nordeste paraense.

Uma guarnição comandada pelo cabo Célio Ruy e J. Sabino, juntamente com os soldados Gerson Wallace, Marcelo Feitosa e Leal, realizavam rondas de rotina no bairro Cidade Nova, mais precisamente na rua Perpetuo Socorro, que faz divisa com a rua Paulo VI, área de maior incidência de trafico de drogas em Paragominas. Quando avistaram uma pessoa com atitudes suspeitas.

sábado, 5 de junho de 2010

Produtores se empenham para reflorestar Paragominas


Técnicos da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) estiveram reunidos de 19 a 21 de maio no Seminário de Restauração Florestal para discutir reflorestamento em Paragominas, o primeiro município a sair da lista das cidades que mais desmatam na Amazônia.

Representantes do Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia (Imazon), da ONG The Nature Conservancy (TNC), do Sindicato dos Produtores Rurais de Paragominas (SPRP), do Instituto Socioambiental (ISA) e da Associação dos Fazendeiros do Araguaia Xingu (Asfax) fizeram parte das várias atividades que trabalharam a responsabilidade ambiental. Entre elas, a identificação de áreas degradadas nas Áreas de Preservação Permanente (APPs).

Jovem é morto a facadas em Paragominas


José Wellesy de Jesus Menezes, de 19 anos, mais conhecido por “Dequinha” foi morto a facadas na última quinta-feira (3), por volta das 17h, em Paragominas, nordeste paraense.

Segundo amigos da vítima que foram passar o feriado na Colônia do Uraim, cerca de 20 quilômetros do município, um rapaz desconhecido surpreendeu Wellesy e começou a esfaqueá-lo. A vítima que foi morta a sangue frio teve parte do pescoço desmembrada.


O  corpo de “Dequinha” só foi achado, após denúncia de um morador, em um matagal às margens da estrada principal da Colônia do Uraim de Paragominas.

quinta-feira, 3 de junho de 2010

3ª Corrida e Caminhada do Advogado em Paragominas



Bruno Nascimento, de Paragominas.

Jovens vão às ruas em buscas de lixos ainda recicláveis


Em comemoração a Semana do Município Verde, em Paragominas, nordeste paraense, a garotada do Fórum da Juventude, juntamente com Pastoral da Juventude e Jovens Desbravadores, realizaram a gincana “Beija Flor – Faça a sua parte!”, de 8h às 12h. A gincana vai ajudar a recolher o lixo seco produzido nas residências, bares e restaurantes de Paragominas, conscientizando o cidadão sobre a importância de cuidar do lixo, separando e reciclando. A ação será realizada por núcleo que serão divididos por bairros: 1) Centro, Uraim, Cidade Nova e Camboatã e Praça do Uraim I; 2) Jardim Atlântico, Vila Rica e Praça do Jardim Atlântico; 3) Promissões I, II, III, Parque IV, Praça da Promissão III; 4) Jaderlândia, Nova conquista e Praça do Jaderlândia e; 5) Nagibão e praça do Nagibão, cerca de 18 quilômetros do perímetro urbano de Paragominas.

quarta-feira, 2 de junho de 2010

Homem esfaqueia outro em Paragominas



O crime aconteceu ontem (01), por volta de 12h, no bairro Nagibão I, a 18 quilômetros da sede urbana de Paragominas, nordeste paraense.

Samuel Bastos Ramos, 22 anos, começou uma discussão em um bar daquela localidade, o motivo seria um CD de autoria ainda desconhecida pela Polícia. Em alguns minutos a situação foi se agravando ao ponto de começar uma briga corporal com Rodrigo Silva da Silva, 19 anos,  que estava naquele bar e no momento ingeria bebida alcoólica.

terça-feira, 1 de junho de 2010

Semana do Meio Ambiente no Município Verde


O mês de junho vai começar repleto de atividades em Paragominas, no nordeste do estado. Do dia 1º à 6 de junho, a Prefeitura de Paragominas realiza a Semana do Meio Ambiente no Município Verde, alusiva ao Dia Mundial do Meio Ambiente comemorado no próximo dia 5. Este ano, o assunto abordado é a produção de lixo urbano e as alternativas de destinação e diminuição do quantitativo de resíduos gerados na cidade.
 
A Semana do Meio Ambiente vai marcar também as comemorações por Paragominas ter sido a única cidade do país a sair da lista dos municípios que mais desmataram a Amazônia. Para o prefeito Adnan Demachki, este ano o Dia Mundial do Meio Ambiente vai ter um significado diferente. “Saímos da lista e isso não foi fácil. Mais de 50 parceiros estiveram conosco para tornar realidade este objetivo e temos muito a comemorar. Por isso, em 2010, a nossa programação em comemoração ao Dia Mundial do Meio Ambiente está tão especial”, diz o prefeito.

Polícia Militar divulga casos atendidos no Paragofest 2010



O Comando Regional de Policiamento VI que tem como um dos maiores quartéis do estado Pará. O 19º Batalhão de Policia Militar sediado em Paragominas, nordeste paraense, divulgou no dia 31 o balanço dos atendimentos durante a sexta edição do Paragofest 2010. O carnaval fora de época realizado todos os anos na cidade.

Entre os dias 28 a 30 de maio durante a programação do Paragofest a Polícia Militar atendeu:

Morre o ex-comandante da PM Dário Teixeira


Morreu na madrugada do último sábado (29), de câncer, o ex-comandante da Polícia Militar do Estado do Pará, coronel Luiz Dário da Silva Teixeira, em um hospital particular de Belém.

O corpo do coronel foi velado no Salão Nobre da Polícia Militar. O enterro aconteceu às 15h, de sábado, no cemitério parque Recanto da Saudade, em Ananindeua.

De acordo com o major Vasconcelos, que trabalhou por vários anos com o coronel, o comandante Dário era uma pessoa muito exigente e séria, e que contribuiu bastante para o aperfeiçoamento operacional e administrativo da Polícia Militar. Segundo o major, o coronel Dário “era uma pessoa muito séria, exigente, responsável e incentivadora, que buscava melhorar a operacionalidade para diminuir os índices de violência na cidade. O coronel Dário estabelecia metas, e verificava pessoalmente o cumprimento delas em cada reunião, para atingir o nível máximo de eficiência, e ainda deu impulso no sistema integrado de policiamento da capital”, concluiu ele.

Siga o ParagoNews

Minha lista de blogs