segunda-feira, 30 de abril de 2012

Belém: Sindicais vão realizar ato neste 1º de maio


As Centrais Sindicais, CUT, CTB, Força Sindical e Nova Central , realizarão um ato unificado em comemoração ao Dia do Trabalhador neste 1º de maio, às 9h, na Praça da República, em Belém.
Com o  tema ” Mais Salário, Mias Emprego e Mais Desenvolvimento” o evento atenta para a redução da jornada de trabalho sem redução de salários. Os sindicalitas pedem 40 horas.
Outros assuntos também erão reividicados: valorização do serviço público e do servidor público; fim do fator previdenciário e valorização das aposentadorias; valorização do mínimo, com aprovação de lei que assegure a sua valorização anual; igualdade entre homens e mulheres; redução da taxa de juros; reforma agrária; trabalho decente e combate ao trabalho escravo; cumprimento da lei ampliando de 4 para 6 meses a licença- maternidade; regulamentação da convenção 151 da OIT, que assegure a negociação coletiva do servidor público.
Serviço:
A concentração e ato cultural do evento  será a partir das 9h, na Praça da República, em frente ao Teatro da Paz. (DOL, com informações CUT-PA)

Seduc realiza seleção para ingresso nas Escolas de Educação Profissional


A Secretaria de Estado de Educação (Seduc) promoveu neste domingo (29) o processo seletivo para ingresso nas Escolas de Educação Profissional, nos municípios de Belém, Marituba, Tailândia, Monte Alegre, Itaituba, Paragominas, Cametá, Santa Izabel do Pará e Salvaterra. Nos nove municípios, cerca de 27 mil candidatos disputam 5.260 vagas, distribuídas por 41 cursos das modalidades Integrado e Subsequente, em 14 instituições de educação profissional da rede pública estadual de ensino. As provas foram realizadas das 15 às 19h.
O portão da Escola Técnica Estadual “Magalhães Barata” foi fechado às 15h. A candidata Patrícia Conceição dos Santos Vilhena, 19 anos, moradora do Distrito Industrial, chegou atrasada e adiou o sonho de ser aluna dos cursos de Técnica em Nutrição ou Enfermagem. A candidata não conferiu o local exato da prova, impresso no cartão de confirmação.
Esperar também será a opção para o candidato Renan da Silva Castro, 20 anos, com inscrição confirmada para a Escola “ Francisco Nunes”, no conjunto Médici, na capital. O candidato se deslocou até a Escola Técnica Estadual Magalhãs Barata (Etemb), no bairro do Telégrafo, mas foi informado pela coordenação o local exato da prova, faltando apenas cinco minutos para o início do exame.
O diretor de Ensino Médio e Educação Profissional da Seduc, José Roberto Alves da Silva, acompanhou desde as 09h a preparação na Etemb para a realização do processo, como a chegada dos 440 candidatos inscritos; as salas, o esclarecimento de dúvidas dos candidatos; verificação dos documentos e outros locais de provas.
Os cursos mais procurados foram: Segurança do Trabalho, Técnico em Informática, Enfermagem, Meio Ambiente, Secretariado, Mecânica, Eletrônica e Eletrotécnica, com as maiores demandas nos municípios de Belém, Abaetetuba e Santa Izabel do Pará.
A coordenadora de Educação Profissonal da Seduc, Márcia Ribeiro, chegou à Etemb por volta de 8h, e foi logo esclarecendo dúvidas sobre endereço das escolas e conferindo documentos pessoais.
Tranquilidade - Em mais uma edição do processo seletivo, José Roberto Alves confirmou a tranquilidade na aplicação das provas, sem nenhum contratempo, apesar do nervosismo natural dos candidatos, como a troca dos locais de provas.
“O meu primeiro curso na escola profissionalizante foi por acaso”, contou Paula Natielle Moura, a estudante que está em fase de estágio no curso de Arte Dramática na Escola Técnica “Anísio Teixeira”. A disputa desta vez é por uma das vagas no curso de Técnico em Enfermagem. Questionada sobre a distância entre as duas áreas, ela garantiu que fazer Arte Dramática foi uma grande surpresa.
Às 16h10, a primeira candidata a deixar a sala 06 foi Núbia Tamires, que concorre a uma das vagas no curso de Nutrição. Ela fez uma avaliação positiva da prova, mas não quis arriscar palpite quanto à aprovação.
Resultado - A Seduc divulgará no próximo dia 8 de maio o resultado do exame seletivo para Educação Profissional. As aulas iniciarão no dia 14, com o período de matrícula de 09 a 12 de maio.
Para o processo seletivo deste ano se inscreveram 26.908 candidatos, sendo 19.274 para a modalidade Subsequente (quem já concluiu o Ensino Médio) e 7.634 para Integrado (quem tem idade abaixo de 17 anos e 11 meses completos e já concluiu o Ensino Fundamental).
Para a modalidade Integrado, a prova teve 20 questões sobre conteúdos do Ensino Fundamental, 10 de Língua Portuguesa e 10 de
Matemática. Para Subsequente, foram 30 questões envolvendo conteúdos do Ensino Médio, sendo 10 de Língua Portuguesa, 10 de Matemática e 10
de Conhecimentos Gerais.

Texto:

Izabel Cunha - Seduc
Fone: (91) 3201-5181 / (91) 8132-8502

Em maio, Paragominas realiza Campanha de Vacinação contra Gripe A


Ela já não é mais tão falada como na pandemia que assustou o mundo em 2009, mas a gripe A (H1N1) não saiu de circulação. O Brasil teve 19 casos graves confirmados e pelo menos quatro mortes desde janeiro, sendo três no Ceará. Por isso, segundo o Ministério da Saúde, a vacinação deste ano está prevista para atingir os idosos com mais de 60 anos, as crianças de 6 meses a menores de 2 anos de idade, as gestantes em qualquer período da gravidez, além dos profissionais de saúde da rede pública e privada que lidam com pessoas que podem estar com a gripe e também os indígenas, carcerários, pacientes com morbidades e profissionais do sexo.

Os casos da Gripe A ou Influenza foram registrados durante o período de chuvas, uma situação que favorece a aglomeração de pessoas e espalha o vírus. Mesmo com esses números, a vacinação em todo o País só vai acontecer em maio. Em Paragominas, a 14ª Campanha Nacional de Vacinação Contra Influenza Sazonal será realizada de 5 a 25 de maio, sendo que o dia "D" será  acontecerá no dia 5, num sábado.

A vacina da gripe não causa efeitos colaterais habitualmente. O que pode acontecer é a pessoa receber a vacina já estando prestes a começar um quadro de resfriado e aí parece que ficou gripado por causa da vacina. A vacina da gripe A (H1N1) vai estar disponível nos postos de saúde e, também durante a campanha, em postos especiais montados pela prefeitura.

“No mundo todo, essa vacina não pode ser usada para fazer controle de surto fora de época, porque ela não está disponível o ano inteiro”, afirma Jarbas Barbosa, da Secretaria Nacional de Vigilância e Saúde.

A Coordenação Municipal de Vigilância Epidemiológica/Imunização realizou uma reunião técnica dia 12 de abril, às 16h, no Auditório do CTA/SAE Paragominas, com os Coordenadores dos Departamentos da Secretaria Municipal de Saúde para lançar entre os setores as diretrizes da Campanha 2012.

Serviço: 14ª Campanha Nacional de Vacinação Contra Influenza Sazonal, de 5 a 25 de maio nos Postos de Saúde.

Praças são centro de lazer e trabalho no interior do Pará


Moradores também utilizam o espaço para prática de exercícios físicos. Em Paragominas, praça tem até conexão sem fio à internet.



Do G1 PA, com informações da 

TV Liberal

As praças no interior do Pará concentram vários atividades: área de lazer, ponto de encontro, academia ao ar livre e até mesmo local de trabalho. Uma equipe da TV Liberal, afiliada da Rede Globo no estado, foi a algumas cidades conversar com os moradores sobre a situação das áreas verdes.
Em Paragominas, sudeste do Pará, a praça do centro da cidade funciona como área de interação entre os jovens, e também como um ponto turístico do município. Os idosos aproveitam o espaço para fazer exercícios físicos, como caminhadas, e as crianças, para se divertir. Já os estudantes aproveitam o local para fazer trabalhos e acessar as redes sociais, tudo graças a disponibilidade da internet sem fio. Os padrões de acessibilidade instalados na área permitem que portadores de necessidades especiais possam frequentar o local sem muitas dificuldades.
Já em Marabá, também região sudeste do estado, os moradores reclamam da falta de cuidados com a praça: equipamentos de academia ao ar livre estão deteriorados e o local, abandonado.
Quem vai a Castanhal, município localizado a 60km de Belém, pode visitar uma das 3 praças da cidade e aproveitar grandes áreas verdes, campo de futebol e academias ao ar livre. Os moradores da cidade aproveitam a oferta dos equipamentos de ginástica para economizar o dinheiro que seria investido em uma academia.

Empresas estão se desconcentrando rumo ao interior


A constituição de novas empresas no Pará vem se mantendo em alta contínua, nos últimos anos, segundo números fornecidos pela Junta Comercial do Estado (Jucepa). Os dados revelam também um aspecto interessante. A simples leitura permite verificar que o crescimento do número de empresas está ocorrendo mais significativamente nas unidades desconcentradas da Jucepa. Isso significa que a economia do Estado vem ganhando capilaridade e se espalhando de forma mais harmônica por todo o interior, revertendo a tendência de excessiva concentração na Região Metropolitana, que durante cerca de quatro séculos caracterizou o nosso processo de desenvolvimento econômico.

As informações fornecidas pela Jucepa indicam que em 2007 foram constituídas 8.784 novas empresas no Pará. Esse número saltou para 10.266 no ano seguinte e continuou subindo para chegar em 2009 a 11.166. Em 2010, possivelmente influenciado pelo desaquecimento do nível de atividade em decorrência da crise financeira internacional, o número de novas empresas constituídas no Pará sofreu um ligeiro recuo, para 10.968. Mas isso foi apenas um espasmo, tanto que já no ano passado ele voltou a subir fortemente, chegando ao final do exercício com o número recorde de 11.832. Nesse período, o percentual de desempenho das unidades desconcentradas da Jucepa saiu de 54% para 67%, o que realça o crescente dinamismo da economia e do empreendedorismo no interior do Estado.

Para atender a crescente demanda e responder com agilidade e eficiência às necessidades da economia paraense, a Junta Comercial conta hoje com uma infraestrutura considerada bastante satisfatória em termos de recursos materiais e humanos. Além da sede em Belém e do protocolo avanço no Sebrae, ela utiliza uma rede de 14 unidades desconcentradas em funcionamento nos municípios de Abaetetuba, Altamira, Ananindeua, Capanema, Castanhal, Itaituba, Marabá, Novo Progresso, Paragominas, Parauapebas, Redenção, Santarém, Tucuruí e Xinguara.

A presença física da Jucepa nos principais polos do interior contribui para a integração do Estado e torna sua ação mais efetiva, fazendo com que a maior proximidade com o usuário diminua o mercado informal e ajude a criar condições favoráveis para a geração de emprego e renda. A presteza na veiculação de informações e na prestação de serviços do registro público de empresas mercantis, nos diversos municípios, também concorre para o maior crescimento da economia do Estado. Isso explica por que uma pesquisa de satisfação realizada pela Jucepa no ano passado, junto aos seus usuários, revelou um índice de aprovação de 77%, conforme fez questão de destacar esta semana o seu presidente, Artur Tourinho.

O presidente da Junta Comercial do Pará, aliás, deixa claro que o processo de constituição de uma empresa é menos complicado do que normalmente se costuma pensar. Excetuando-se os casos previstos em lei para impedimento à pessoa de atuar como empresário ou de participar de uma empresa como sócio, os procedimentos seguem um padrão relativamente simples. O ideal é que o interessado procure a orientação de um contador ou profissional habilitado. De resto, porém, todas as informações podem ser obtidas no Sebrae e na própria Jucepa – incluindo obviamente as suas unidades desconcentradas no interior.

Basicamente, os documentos exigidos são o requerimento padrão, preenchido em quatro vias, cópia legível e autenticada da carteira de identidade do empresário – ou dos sócios, quando for o caso – e o recolhimento da taxa à Junta Comercial, em valor que varia de R$ 149, para empresário individual, a R$ 210 para as empresas individuais de responsabilidade limitada. Quando os processos tramitam nas coordenadorias regionais, esses valores sofrem um ligeiro acréscimo, passando respectivamente para R$ 171 e R$ 242. Outro documento necessário é o recolhimento via DARF de uma taxa de pequeno valor (R$ 10 ou R$ 21) à Receita Federal do Brasil.

NO INTERIOR - EMPRESAS CONSTITUÍDAS

2007 - 8.784

2008 - 10.266

2009 - 11.166

2010 - 10.968

2011 - 11.832

“Pará precisa investir na indústria”, diz Tourinho 

O presidente da Jucepa, Artur Tourinho, reiterou esta semana uma declaração que ele tem feito a interlocutores diversos, inclusive nas reuniões internas. “Nós precisamos verticalizar. O Pará precisa investir na indústria”, afirmou Artur Tourinho, alertando ainda para a necessidade de diversificação dos sistemas produtivos. Ele observou, a propósito, que quando se observa o orçamento do Estado e os planos de investimento das grandes empresas, torna-se evidente que o desenvolvimento do Pará está muito setorizado na área mineral. “Nós dispomos de um potencial enorme para investimentos no setor agrícola, e em especial na fruticultura”, assinalou.

Artur Tourinho destacou que o Pará já teve, por exemplo, muitos curtumes, e lembrou que funcionaram exatamente aqui as primeiras fábricas brasileiras de cigarros. Ele questionou, também, o fato de o Pará não continuar investindo como deveria na cultura da pimenta do reino. “E há muitas outras coisas”, declarou o presidente da Jucepa, chamando a atenção para as formidáveis potencialidades que o Pará oferece para investimentos.

Acrescentou, em tom otimista, que, pelo movimento de empresas se instalando no Estado e também pela abertura de filiais, pelas empresas já aqui estabelecidas, o cenário paraense para o empreendedorismo é francamente favorável. Ele citou como exemplo o caso do Bradesco, que somente no ano passado instalou no Pará 30 novas agências. Na época, disse ter ouvido de um diretor do Bradesco, que esteve aqui, a informação de que ocorre justamente no Pará a maior expansão do banco em todo o Brasil. “Isso é claramente um sinal de que temos aqui muitos negócios bons”, acrescentou.

Artur Tourinho deixou claro também o seu entusiasmo com o trabalho que vem sendo realizado pelo atual governo, no sentido de captar recursos para investimentos no Estado e, ao mesmo tempo, atrair para cá grupos de investidores privados. “Isso é muito bom, como é bom também o empenho das federações que representam os principais setores produtivos, a indústria, o comércio e a agricultura”, aduziu. Para o presidente da Jucepa, essa luta “incansável e permanente” pelo desenvolvimento do Estado já está trazendo resultados, conforme revelam os próprios números do crescimento da Jucepa. 

Agronegócio já soma 37% dos empregos


A expansão do mercado de trabalho, em todos os setores de atividade, é apontada pelos dirigentes empresariais do Pará como o mais seguro indicador crescimento econômico do Estado. O presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Pará (Faepa), Carlos Xavier, informou que o agronegócio já reponde hoje por 37% de todos os empregos gerados em território paraense. Só a cadeia da pecuária, segmento que é apontado isoladamente como o maior empregador do Pará, responde atualmente, segundo Carlos Xavier, por 450 mil postos de trabalho.

O presidente da Faepa se declarou “entusiasmado” com as possibilidades de investimento existentes no Pará e por ele comprovadas, mais uma vez, em viagens feitas a dois municípios do interior –na quinta-feira em Santarém e na sexta em Capanema. O empresário rural do Pará cultua hoje talvez mais do que em qualquer outra parte do Brasil, conforme frisou, a visão moderna da produção com sustentabilidade, da exploração dos recursos naturais com a preservação do meio ambiente. Com esse nível de conscientização e com as vantagens competitivas de que o Pará dispõe – abundância de água doce, alta luminosidade durante o ano todo e estabilidade climática –, Carlos Xavier se diz convencido de que o Estado está apto a responder de forma sustentável aos maiores desafios do Brasil e do mundo no tocante à produção de alimentos.

O presidente da Federação das Indústrias do Pará (Fiepa), José Conrado Azevedo Santos, confirmou que o número de empresas do setor está em alta, o que deve ser em boa parte creditado, conforme frisou, aos novos empreendimentos que estão se instalando no Estado. O setor industrial emprega hoje no Pará, segundo o mais recente levantamento do Ministério do Trabalho, cerca de 180 mil trabalhadores.

Apesar desse panorama no geral favorável, o presidente da Fiepa revelou uma ponta de inquietação com a situação das micro e pequenas empresas industriais, um segmento econômico onde está havendo a legalização em larga escala graças, sobretudo, ao intenso trabalho desenvolvido pelo Sebrae. “As pequenas empresas estão patinando. Elas parecem meio freadas, não crescem, não conseguem decolar”, resumiu o presidente da Fiepa. Para José Conrado, é preciso haver algum tipo de incentivo para que essas empresas se mantenham no mercado.

O surgimento de novas empresas, com reflexos diretos no mercado de trabalho, já foi detectado também pelo Dieese, o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos. De acordo com o economista Roberto Sena, seu supervisor técnico, o Dieese projeta para um período de quatro anos, de 2010 a 2013, a geração de cerca de 200 mil postos de trabalho no Pará, o que corresponde a uma média anual de 50 mil empregos. Essa média já se confirmou nos dois primeiros anos, e com alguma folga: foram 54 mil novos empregos criados em 2010 e 52 mil em 2011, números que, com pequenas variações, devem se repetir em 2012. (Diário do Pará)

sexta-feira, 27 de abril de 2012

PM prende assaltante em Capitão Poço


Foto: Bruno Nascimento

A Polícia Militar de Capitão Poço, na região nordeste do estado, conseguiu prender um homem acusado de roubo. Com ele foi encontrado um revolver calibre 38.

A prisão foi realizada na manhã de ontem, pela guarnição comandada pelo major Dantas e tenente Antunes, composta pelos soldados Altobelle e Dos Santos. A central de denúncias da 10° CIPM, estava recebendo informações que alguns moradores estavam sendo vítimas de roubos na cidade.

Com ajuda das vítimas e da população, a PM conseguiu identificações os acusados e passou persegui-los. Mas, apenas Jucelino Conceição de Souza, acabou preso. Com ele, foram encontrados objetos roubados de Rosilene Mendes Franco, que o identificou como autor do roubo em sua residência, no bairro Eurico Siqueira, área periférica da cidade. Juscelino, foi apontado com autor de outro roubo que ocorreu em uma noite anterior, onde foi subtraídos celulares e uma quantia em dinheiro em outra residência daquela cidade.  

Foto: Bruno Nascimento
Seu parceiro de crime continua foragido. Jucelino foi preso e com ele foi apreendidos um revolver calibre 38, com quatro munições intactas, cinco aparelhos celulares, um cordão, um par de brincos, perfumes e R$ 743,50 e encaminhados para Delegacia de Capitão Poço, onde foi autuado em flagrante pela autoridade competente.

A 10º CIPM é comandada pelo major Dantas e tenente Antunes, unidade militar subordina ao Comando de Policiamento Regional VI.


Bruno Nascimento, de Paragominas.

Corregedoria Geral da PM inicia atividades em comemoração ao seu aniversário


Foto: Bruno Nascimento













Em comemoração aos 19 anos de criação da Corregedoria Geral da Polícia Militar, aconteceu na manhã de ontem, 26, uma palestra com tema: “Crimes Militares e Ações Civis na Justiça Militar”. O evento aconteceu na sede da Polícia Civil do Pará, e foi ministrada pelo promotor Armando Brasil.

Foto: Bruno Nascimento
Participaram da palestra, presidentes, membros e auxiliares das comissões correcionais da Polícia Militar do Pará, cadetes do 1ª e 2º ano do Curso de Formação de Oficiais da Academia de Polícia Militar “Cel PM Fontoura”, alunos do curso de processos e procedimentos em andamentos que está sendo promovido pela Corregedoria Geral, dentre outras autoridades.

Na oportunidade, o promotor de justiça, destacou as atividades que vem sendo realizadas pela Corregedoria Geral e elogiou o major Albernando Monteiro, pelo trabalho que o mesmo vem realizando no órgão correcional da PM.

Promotor Armando Brasil e coronel PM Rolian dos Santos Silva
Foto: Bruno Nascimento
Coronel PM Rolian dos Santos Silva e Major PM Albernando Monteiro
Dentre outros assuntos, Armando Brasil, falou sobre a “Lei Maria da Penha”, militares em atividades e foram do serviço e destacou o assunto de Policiais Militares de serviço e, em serviço. No final, o coronel Rolian dos Santos Silva, agradeceu a presença e concedeu um certificado de palestrante para Armando Brasil, promotor de justiça militar do estado.  



Na manhã de hoje, 27, foi à vez do doutor Ivanildo Ferreira Alves, fazer uma palestra com tema: “Flagrância a luz da Lei 12.203/11 – que altera os dispositivos legais das prisões processuais, fiança e liberdade provisória e demais medidas cautelares”. A palestra foi ministrada durante duas horas. E foram abordados vários temas dentro da lei 12.203/11 e alguns artigos como os 302 e 319 do Código Pena Brasileiro. Em seguida, foi à vez do major Albernando Monteiro, fazer uma apresentação do “Manual da Corregedoria”, que será lançado no próximo dia nove de maio. Durante programação alusiva ao 19º ano de criação da Corregedoria Geral da Polícia Militar.
   

Corregedoria Geral da PMPA: Criada em 30 de abril de 1993, com sede na capital paraense. É um órgão de prevenção e fiscalizações das atividades funcionais e da conduta profissional, visando ainda o aprimoramento da ética, da disciplina e da hierarquia entre os integrantes da PMPA. Sua missão é fiscalizar ostensivamente os trabalhos de agentes de segurança pública da Polícia Militar, em caráter preventivo e, quando necessário, repressivo, apurando fatos que envolvam policiais militares, visando garantir legalidade e legitimidade em tais acontecimentos, assim como a observância dos princípios que norteiam o exercício da atividade policial.
  
Com 15 (quinze) Comissões Correicionais, a Corregedoria Geral da Polícia Militar do Pará, funciona na capital do estado e mais 10 (dez) comissões em municípios do interior paraense. São elas: Santarém, Marabá, Castanhal, Tucuruí, Redenção, Paragominas, Capanema, Altamira, Bararena e Marajó. Municípios que também tem como sede os Comandos de Policiamentos Regionais (CPR's).


Por Bruno Nascimento

Imetropará reprova 86% dos produtos avaliados em abril


O Imetropará reprovou 86% dos produtos coletados durante operações de fiscalização no mês de abril. Ao todo, foram realizados 150 exames, sendo que 129 produtos foram reprovados e apenas 21 aprovados. Entre os produtos estão: leite em pó, achocolatado, biscoitos, feijão, entre outros.
Também foram reprovados 18 produtos por erro de simbologia ou por falta de indicação de conteúdo nominal, ou seja, não havia informação sobre o peso do produto. As fiscalizações foram feitas nos municípios de Soure, Salvaterra, Cachoeira do Arari, Paragominas, Abel Figueiredo, Dom Eliseu, Ipixuna do Pará, Rondon do Pará, Ulianópolis e Bom Jesus do Tocantins.
No mês passado, foram reprovados 118 dos 172 produtos coletados durante as fiscalizações, o que equivale a 68,60%. Outros 19 foram reprovados por erro de simbologia ou por falta de indicação de conteúdo nominal. Os produtos coletados em março foram doados em abril. Ao todo, o instituto doou 1.714 kg de alimentos diversos e 27 litros de produtos como vinagre, detergente, óleo de cozinha, entre outros. A doação é feita ou com autorização do fornecedor ou quando este não se pronuncia sobre o destino dos mesmos num prazo de 24 horas. As entidades beneficiadas são a Casa da Criança e o projeto Arca, que são cadastrados no Imetropará.

Texto:
Adaucto Couto - Imetropará
Fone: (91) 3246-2404 / 3246-2554 / (91) 8134-9373

Jornalistas aprendem a utilizar o Serviço de Informação do Estado


Jornalistas que trabalham em órgãos do governo do Estado participaram na tarde desta quinta-feira (26) do treinamento “Conhecendo o Pará: como usar o Serviço de Informação do Estado”, destinado à utilização do maior banco de informações sobre o Estado do Pará, o Serviço de Informação do Estado (SIE), disponível no site do Instituto de Desenvolvimento Econômico, Social e Ambiental do Pará (Idesp). O mesmo treinamento está sendo oferecido em escolas públicas de vários municípios paraenses.
O SIE está na página do Idesp (www.idesp.pa.gov) e consiste em um conjunto de dados socioeconômicos disponíveis para prover a sociedade de informações sobre a transformação social ocorrida no Estado.
O Serviço é também uma ferramenta estratégica para o planejamento de políticas públicas, ressalta o diretor de Estatística, Tecnologia e Produção da Informação do Idesp, Sérgio Castro Gomes. “As informações contidas no SIE são georreferenciadas, formando um conjunto de informações econômicas, sociais e ambientais do município e do Estado e, em alguns casos, da região, necessários ao planejamento das políticas estaduais”, informa.
O treinamento oferecido aos jornalistas tem o objetivo de oferecer uma informação de qualidade aos veículos de comunicação, destaca o diretor. “Estes profissionais devem ser os disseminadores das informações contidas no SIE. A boa reportagem fundamentada em um conjunto de informações seguras leva à produção de um conteúdo de qualidade”, conclui Sérgio Gomes.
Conteúdo - Para a secretária adjunta de Comunicação, Simone Romero, o jornalista deve ter no Idesp uma das principais fontes de informação sobre o Pará. “Saber utilizar esta ferramenta é essencial para obter dados que fundamentem o conteúdo jornalístico. E para quem produz informações no Governo do Estado a importância é maior ainda. Uma comunicação pública moderna tem que ser voltada para o interesse público, produzindo informações de qualidade”, ressalta a secretária.
Os dados contidos no SIE são reunidos de várias fontes, como a Secretaria de Estado de Educação (Seduc), Secretaria de Estado de Planejamento, Orçamento e Finanças (Sepof), Secretaria de Estado da Fazenda (Sefa), Departamento de Trânsito (Detran), Secretaria de Estado de Segurança Pública (Segup) e Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa). Em nível federal, os dados são oriundos do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Banco de Dados do Sistema Único de Saúde (Datasus), Tesouro Nacional, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) e Ministério da Educação.
O treinamento está sendo realizado em escolas públicas do município de Terra Alta, no nordeste paraense, até 29 de abril. De 1º a 12 de maio, técnicos do Idesp farão o treinamento nos municípios de Capanema e Paragominas, também na região nordeste.   

Texto:
Marcio Flexa - Secom
Fone:  / (91) 80301615

quinta-feira, 26 de abril de 2012

Baladas e diversões: Agenda para este final de semana em Paragominas


Com a chegada de mais um final de semana, a dica é se divertir! Então, anote agora as dicas da nossa Agenda Cultural.

Dia 26 - QUINTA-FEIRA

A agitação na cidade já começa hoje às 22h com muita música sertaneja com a dupla João Vitor e Adriano e banda, no Piratas Grill.

Dia 27 - SEXTA-FEIRA

E na sexta-feira na Nostra Terra - Cantina do Sul às 21h, o cantor Flavio Henrique canta o melhor da música sertaneja.

Que tal curtir muito pagode? A dica é o Piratas Grill, com Edgar do Samba, a melhor roda de pagode de Paragominas, a partir das 22h.

No Gullas II às 23h vai rolar o 3º Baile dos Motoqueiros. A agitação é por conta do DJ Duarte. Durante o Baile será escolhida a "Musa dos Motoqueiros".

DIA 28 – SÁBADO

Sábado é dia de descansar, e claro, se divertir.

Dia Internacional da Dança, é comemorado no dia 29 de abril, que foi instituído pelo Comitê Internacional da Dança da UNESCO (Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura) no ano de 1982.

Por conta disse, no Teatro Reinaldo Castanheira, vai acontecer a Mostra de Dança, em comemoração ao Dia da Dança, às 19h, com várias apresentações: Ballet Clássico, Dança Folclórica, Hip Hop, Free Step, Dança de Salão, Dança Moderna, Dança Afro e Jazz. Participe você também.

Ta a fim de curtir muita música sertaneja? Então, o seu lugar é no Piratas Grill onde quem comanda a noite é a dupla: João Vitor e Adriano e sua banda, a partir das 22h.

Pra quem quer curtir muita MPB, a opção é a Nostra Terra - Cantina do Sul, com o cantor Chinatown e a participação do sanfoneiro Fabrício.
O evento começa às 21h.

DIA 30 – SEGUNDA – FEIRA

Segunda - feira na véspera do feriado às 22h vai rolar festa no Piratas Grill com Edgar do Samba fazendo a sua diversão.

E no Clube J.A, localizado no bairro Nagibão, o DJ Wellington Medeiros comanda a L200 Malcriada.
Durante a festa acontecerá o lançamento do novo Cyborg – O Som do Futuro, tocando os melhores hits pra você dançar a noite toda, a partir das 22h.

DIA 01 – TERÇA – FEIRA

Na terça – feira, 01 de maio feriado em comemoração ao dia do trabalhador acontece a 3ª edição do Moto Passeio que percorrerá as principais ruas da cidade. A saída está prevista para às 9h da manhã em frente ao Estádio Municipal “Arena Município Verde”.

E a partir do meio dia, no Clube Nova Dimensão, vai rolar uma deliciosa feijoada, ao som de: L200 Malcriada, Carretinhas: Mega Tsunami, Super Vidal e Promoshow. Além do Cyborg – O Som do Futuro. Durante a festa haverá o sorteio de vários brindes.

Bom final de semana! E um gostoso feriado! E lembre-se: Álcool + Direção = A Triste Combinação. Você não quer virar notícias, não é? Até semana que vem.

Valquíria Sena, de Paragominas.

Projeto CTA no meu bairro é desenvolvido em Paragominas


Durante todo o ano de 2012, a equipe do Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA) da Secretaria Municipal de Saúde (SEMS) vai desenvolver o projeto “CTA no meu bairro”, onde os serviços prestados no CTA serão realizados em todos os postos de saúde de Paragominas. Para isso, a SEMS divulgou o cronograma das atividades, que começaram no dia 17 de abril, no posto de saúde do Nagibão.

O próximo posto a receber o projeto é o PSF Jaderlândia. Segundo a Coordenação Municipal de DST/HIV/AIDS, que coordena as ações do CTA/SAE PARAGOMINAS, o objetivo do projeto é ampliar o acesso da população e, principalmente, daquela parcela mais vulnerável, ao aconselhamento, às ações de prevenção e ao diagnóstico da infecção pelo HIV.

De acordo com o Coordenador de Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Saúde e idealizador do projeto, Marcondes Barbosa, esse projeto tem em vista que a maioria dos usuários do serviço são pessoas carentes e que enfrentam dificuldades para chegarem ao local onde ele é realizado. “Vimos este projeto como um meio facilitador o acesso da população às informações e à realização do teste rápido HIV”, afirma Barbosa.

Além de ampliar o acesso à população, o “CTA no meu Bairro” contribuiu para a redução das vulnerabilidades ao HIV e outras DST; realiza ações de aconselhamento com o fim de promover a reflexão sobre as vulnerabilidades, estimulando a adoção de medidas de prevenção mais viáveis para cada usuário e reduzir o impacto emocional dos diagnósticos; Estimula o diagnóstico das parcerias sexuais; promove a educação preventiva e continuada para a população sobre HIV/AIDS e outras DST’s; disponibiliza exames visando um diagnóstico precoce; apóia tecnicamente a rede de atenção básica para a implementação das ações de aconselhamento e prevenção das DST, HIV/AIDS nos serviços da rede; e encaminha portadores do HIV/AIDS ao acompanhamento no serviço de referência, CTA/SAE.

Ainda segundo Marcondes, o CTA vai realizar atendimento nas Unidades Básicas de Saúde conforme cronograma, onde serão desenvolvidas as seguintes atividades: palestras, aconselhamento coletivo e individual; Distribuição de material informativo e de insumos de prevenção; Atendimento individual de livre demanda para a realização de Teste rápido levando em consideração a privacidade, a ética, o respeito às diferenças e necessidades trazidas ao CTA.

Os Centros de Testagem e Aconselhamento (CTA) são serviços de saúde que realizam ações de diagnóstico e prevenção de doenças sexualmente transmissíveis. Nesses serviços, é possível realizar testes para HIV gratuitamente. Já para sífilis e hepatites B e C, segundo a Secretaria Estadual de Saúde, os testes rápidos estarão disponíveis a partir de agosto deste ano. Todos os testes são realizados de acordo com a norma definida pelo Ministério da Saúde e com produtos registrados na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e por ela controlados. O atendimento nesses centros é inteiramente sigiloso e oferece a quem realiza o teste a possibilidade de ser acompanhado por uma equipe de profissionais de saúde que a orientará sobre resultado final do exame, independente dele ser positivo ou negativo. Quando os resultados são positivos, os CTA são responsáveis por encaminhar as pessoas para tratamento nos serviços de referência

CTA vai à Zona RuralO Projeto “CTA no meu bairro” vai além e promove as ações também nas comunidades da zona rural de Paragominas. Com a mesma justificativa de que o serviço precisa estar onde a população está, observou-se a dificuldade da população da zona rural ao acesso à realização do Teste Rápido para HIV. “Apesar de a mesma fazer parte da Atenção Básica, acaba ficando à margem deste serviço. Neste sentido, o CTA busca desenvolver um projeto de atenção às comunidades rurais, através da parceria com a Secretaria Municipal de Saúde e Setor de Vigilância em Saúde”, afirma Marcondes.

A primeira comunidade a ser atendida é a Colônia CAIP, no período de 17 a 19 de maio. Nos dois dias, as atividades de saúde serão realizadas durante todo o dia, de 8h às 17h. Somente no dia 19 de maio, a equipe termina o trabalho um pouquinho mais cedo, às 15h.

“O Projeto CTA na Zona Rural abre espaço para a participação e colaboração dos outros segmentos da Atenção Básica, podendo assim levar à população da Caip uma oportunidade de ter vários serviços de saúde em uma única Ação”, finaliza Marcondes.

Abaixo, o Box com os dias e os locais de atendimento:

Unidade de Saúde
Data
1-PSF Nagibão
13 de abril 2012
2-PSF Jaderlândia
27 de abril 2012
3- PSF Jardim Atlântico
11 de maio 2012
4- PSF Cidade Nova
25 de maio 2012
5- PSF Jardim Bela Vista
15 de junho 2012
6- PSF Uraim II
29 de junho 2012
7- PSF Promissão II
13 de julho 2012
8- PSF Promissão III
27 de julho 2012
9- PSF Laércio Cabeline
10 de agosto 2012
10- PSF Morada do Sol
24 de agosto 2012
11- PSF Km 11
14 de setembro 2012
12- PSF Colônia do Uraim
28 de setembro 2012
13- PSF Camboatã
05 de outubro 2012

Siga o ParagoNews

Minha lista de blogs