terça-feira, 22 de janeiro de 2013

Banpará oferece linha de crédito para mototaxistas


Foto: Cristino Martins/Ag. Pará
Mototaxistas de todo o Estado que desejam adquirir motocicletas ou equipamentos para desenvolver a atividade agora contam com uma linha de crédito específica no Banpará. O valor do financiamento varia de mil a dez mil reais e pode ser pago em até 36 vezes. A gerente de microcrédito do banco, Rosa Almeida, explica que o objetivo da linha é contribuir para a geração de emprego e renda. “A nossa intenção é facilitar o acesso ao crédito e, assim, poder gerar ocupação e, consequentemente, renda”, observa.
Segundo a gerente, a iniciativa ainda estimula a segurança no trânsito, uma vez que, para conseguir o financiamento, é necessário que o condutor obedeça a uma série de exigências, como o cadastro do departamento de trânsito do município onde ele vive e um curso de direção defensiva, ministrado pelo Departamento Estadual de Trânsito (Detran). “Todos devem estar devidamente legalizados e treinados, o que, certamente, traz muito mais segurança para o transporte dos passageiros”, completa.
A mesma ideia tem o mototaxista José Edivaldo Sousa, de 43 anos. Depois de perder o emprego como motorista de transporte coletivo, há cerca de três anos, ele ficou completamente sem rumo. Decidiu comprar uma moto e tentar a vida como mototaxista. Todavia, com pouco tempo de uso, a moto foi roubada. Apesar da perda, Edvaldo não desistiu e comprou outra moto. Dessa vez tratou de se legalizar para exercer o trabalho da melhor forma possível. Foi aí que teve conhecimento da linha de crédito do Banpará e decidiu arriscar.
Aprovado para obter o financiamento, hoje ele trabalha em um ponto de Ananindeua e já chega a faturar o dobro do que ganhava como motorista de ônibus. “Há meses em que, tranquilamente, consigo ganhar cerca de três mil, o que é mais do que o dobro do meu salário como motorista. Graças a isso, já estou conseguindo construir a minha casa, um sonho antigo, que agora está se tornando realidade”, comemora o profissional, que agora possui duas motos: uma só para o trabalho e outra para o lazer.
Para conseguir o financiamento, assim como fez José Edivaldo, o interessado pode buscar qualquer agência do Banpará, munido com os seguintes documentos obrigatórios: RG, CPF, comprovante de residência; carteira de habilitação (com, no mínimo, dois anos de registro na categoria A), comprovante de cadastro no departamento de trânsito do município, comprovante de vinculação a sindicato ou à cooperativa de mototaxista e certificado de conclusão do curso de direção defensiva. A linha de crédito possui taxa de juro de 2,5% ao mês e, desde que entrou em operação, há cerca de um ano, já beneficiou profissionais de Belém, Ananindeua, Itaituba e Redenção.
Fonte: Agência Pará/ Elck Oliveira – Secom

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Siga o ParagoNews

Minha lista de blogs