quarta-feira, 16 de janeiro de 2013

Conta de energia vai baixar em março

Conta de energia vai baixar em março
É somente a partir de março que o consumidor paraense poderá sentir, de fato, o valor da tarifa de energia mais baixo. Em domicílios, a redução será de 16,2%, conforme determina a Lei nº 12.783/2013, publicada esta semana.

Para que o Governo conseguisse cumprir com a redução da tarifa teve que diminuir para 0,4% a taxa de fiscalização cobrada pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) na conta de luz – antes era cobrado 0,5%.

No Pará, a Celpa aguarda pela divulgação dos novos valores da tarifa que a Aneel deve anunciar no próximo dia 5, por isto que a conta só deve ficar mais barata em março, que é quando vence a fatura do mês de fevereiro.

De acordo com o economista Antônio Ximenes, que também é presidente do Conselho Regional de Economia (Corecon), a redução é real, mas os impactos positivos só devem ser percebidos dependendo do valor da conta de cada unidade consumidora. “Se uma pessoa costuma pagar, em média, R$ 1 mil a redução será de R$ 160. Se ela paga R$ 100 por mês de energia, vai pagar R$ 16 a menos”, calculou.

Ximenes ressalta que esta medida do governo, na verdade, seria uma forma de reparar alguns danos provocados no início da gestão passada quando houve um aumento na tarifa. “Agora eles deixaram de incluir alguns cálculos na conta e isso vai reduzir os valores no bolso do consumidor”, disse.

A redução na taxa de fiscalização (para 0,4%) beneficia o Tesouro Nacional que também precisará pagar menos para garantir o barateamento das contas de luz. Isto só foi possível porque o governo renovou por mais 30 anos as concessões para geração, transmissão e distribuição de energia elétrica.

Outra novidade é a sinalização que vai indicar se a energia custará mais ou menos. O desenho de uma bandeirinha verde indicará que a geração de energia está normal e logo o preço será mais baixo. Se apresentar a cor amarela é um sinal de alerta e quando tiver a cor vermelha vai sinalizar que a energia está mais cara por conta dos maiores custos de geração de energia.

As indústrias e o comércio também terão a conta reduzida. Para eles a diminuição poderá chegar a 28%.

EM NÚMEROS
16,2%

É o índice de redução previsto para a conta de energia a partir de fevereiro, para ser pago em março

Fonte: Diario do Pará

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Siga o ParagoNews

Minha lista de blogs