quarta-feira, 23 de janeiro de 2013

Fundador da Google é flagrado testando óculos inteligentes da empresa no metrô de NY


Para a maioria dos passageiros que, no último domingo, viajavam naquele vagão de metrô em Nova York, o sujeito vestindo jeans, jaqueta, touca e óculos era um míope como outro qualquer curtindo o dia de folga. Mas um viajante percebeu que, na verdade, se tratava de um dos homens mais ricos e poderosos do mundo exibindo um dos produtos mais aguardados do mundo da tecnologia.

Sergey Brin — um dos fundadores da Google e dono da 24ª maior fortuna pessoal do planeta, US$ 18,7 bilhões, segundo a “Forbes” — foi fotografado no metrô de Manhattan usando o Google Glass, óculos inteligentes capazes de exibir informações em suas lentes por meio de realidade aumentada.
O aparelho é o exemplo mais bem acabado projetados até hoje do conceito “computação para vestir”. O dispositivo projeta no campo de visão dados como temperatura, hora e mapas e também faz ligações telefônicas, check-in e envia mensagens de texto. Brin é um dos principais envolvidos no projeto, desenvolvido no Google X, laboratório secreto da empresa de Mountain View.
O Google Glass não está à venda, e sequer os desenvolvedores de aplicativos tiveram acesso a ele — isso só deve acontecer em fevereiro. Estima-se que os óculos custarão US$ 1,5 mil.
Quem clicou Brin no metrô foi Noah Zerkin, entusiasta de realidade aumentada em um dia de sorte.
“Acabo de conversar rapidamente com o homem mais poderoso do mundo. No trem 3 do centro. Cara legal”, escreveu Zerkin no Twitter, anexando a foto de Brin na mensagem, acrescentando depois que nem o fundador da Google seria capaz de conseguir sinal de internet no metrô.
Brin já foi fotografado outras vezes, em São Francisco, usando o Google Glass.
Fonte: O Globo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Siga o ParagoNews

Minha lista de blogs