quinta-feira, 3 de janeiro de 2013

Pacto Pela Paz no Trânsito: A Vida Pede Passagem!



É comum vermos crianças desacompanhadas de seus pais, andando pelas ruas ora como pedestres, ora como ciclistas. O pacto quer chamar a atenção para que essa não seja uma cena tão recorrente. Além disso, atentar para os limites de velocidade das vias que, em sua maioria, é de 40 km/h. Paragominas é conhecida por suas faixas de pedestres serem respeitadas, mas para usá-las, os pedestres também precisam de alguns cuidados, como sinalizar a sua passagem.

Estar na calçada nem sempre é sinônimo de segurança. Buracos, raízes de árvores, mesas de bares e pisos derrapantes transformam uma simples caminhada pela cidade em um verdadeiro desafio. As calçadas irregulares estão à vista de todos, mas o que poucos sabem é que a responsabilidade pela conservação desta área é do munícipe e não das prefeituras. De acordo com o Código de Obras e Edificações do Município de Paragominas, Lei 209/1998, Seção VII – Dos Muros, Calçadas e Passeios, Artigo 44, “os proprietários dos imóveis que tenham frente para os logradouros públicos pavimentados ou dotados de meio fio são obrigados a pavimentar e manter em bom estado os passeios em frente de seus lotes”. Ou seja, todos os “munícipes” que possuem casas são responsáveis pela manutenção de suas calçadas. Aos órgãos municipais cabe fiscalizar os proprietários dos imóveis e cuidar das calçadas de terrenos públicos.

Segundo Natanael Costa, coordenador do Departamento de Trânsito de Paragominas, todos somos responsáveis no trânsito, conforme diz o Código de Trânsito Brasileiro. Para ele, as pessoas devem conhecer seus direitos e deveres dentro do trânsito para manter a responsabilidade nas vias públicas das cidades. “O nosso Código de Trânsito é completo, basta prestarmos atenção nele. Se não dá para ter acesso, é só usar o bom senso e prestar atenção nas placas também ajuda, já que a maioria delas é de fácil entendimento e aprendemos um pouco disso nas escolas. Nosso Departamento de Trânsito possui um projeto que apresenta, por meio de bonecos (fantoches), dicas de trânsito para crianças, que é um público que nos ajuda muito, além das campanhas permanentes nas ruas, blitz e fiscalizações”, conta Natanael.

“A presença de agentes de trânsito também ajuda, mas o mais importante é que as pessoas prestem atenção na hora de andar nas vias, tanto em carros, motos, bicicletas ou a pé”, afirma Costa. A Prefeitura de Paragominas realizou concurso público este mês e já afirmou que os primeiros candidatos a serem chamados serão agentes de trânsito.

Natanael preparou algumas dicas importantes para uma vida sadia no trânsito. “Para pedestres, é necessário que respeitem as sinalizações e o agente de trânsito, observando e respeitando-os. Andar sempre na calçada ajuda muito, daí entra a conscientização dos cidadãos de conservarem suas calçadas livres para que os pedestres possam circular. Atravessar na faixa é fundamental, além de ficar em locais onde possa ver e ser visto. Não corra ao atravessar a rua, tenha paciência e espere o fluxo diminuir para poder atravessar. Sempre que puder, ajude um idoso, crianças ou deficientes na atravessia e, nunca, nunca atravesse atrás ou na frente de veículos parados. E, finalmente atravessar em linha reta, longe das curvas e olhando para os dois lados”.

Ciclistas também precisam atentar para algumas dicas. “Ande sempre à direita, junto ao meio-fio e no mesmo sentido dos outros veículos; Sinalize com os braços suas intenções; Circule em vias com pouco movimento; Verifique os freios periodicamente; Não faça malabarismo, nem equilibre-se numa roda só no trânsito, se quiser fazer isso, faça em lugares próprios para esse tipo de manobra; Nunca pegue carona segurando outro veículo; Cuidado ao aproximar-se dos veículos parados ou estacionados, portas podem se abrir!; Não leve passageiros fora da garupa; Use os equipamentos de segurança obrigatórios: campainha, sinalização traseira, lateral e nos pedais, espelho retrovisor no lado esquerdo; Crianças não devem circular sozinhas em bicicletas, pois elas se distraem com mais facilidade, o que pode ocasionar mais acidentes”.

Segundo Natanael, para motoristas, as dicas são muito conhecidas. “Não misture álcool com direção; respeitar a sinalização e o guarda de trânsito; respeitar o pedestre e a faixa de segurança; não exceder a velocidade permitida para a via que, no caso de Paragominas, a maioria é de 40 km/h; Não praticar “pegas”, é crime!; transportar crianças com menos de 10 anos no banco traseiro; não usar o celular ou fumar enquanto dirigir; não transportar passageiro em veículo de carga;  é dever de todos que estiverem no veículo usar o cinto de segurança”.

Motociclistas, capacete salva vidas! Use-o sempre, pois ele protege a região craniana e maxilar do condutor e da garupa; segure o guidom com ambas as mãos, salvo eventualmente para indicações de segurança; evite o excesso de velocidade e mantenha distância de segurança lateral e frontal entre o seu veículo e os demais; nunca dirija com sono, cansado ou sob efeito de bebidas alcoólicas. As motos são mais perigosas que os carros, precisamos ter cuidados redobrados!”.

Adnan Demachki, prefeito de Paragominas, reforça o quanto é importante seguir algumas normas para manter o trânsito da cidade mais seguro. “Com essas dicas, você pode salvar a sua vida e a vida dos demais ao redor. Prepare-se para a caminhada e venha nos acompanhar em mais esse pacto pela vida”.

Taís Fiorese

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Siga o ParagoNews

Minha lista de blogs