quarta-feira, 2 de janeiro de 2013

Paragominas ganha nove vezes o Prêmio Gestor Eficiente da Merenda Escolar e, só o prefeito Adnan Demachki, recebeu oito vezes a honraria, um recorde nacional

Demachki e os 29 prefeitos campeões

Numa cerimônia repleta de autoridades políticas, foi realizada ontem, 5, em Brasília, a entrega do Prêmio Gestor Eficiente da Merenda Escolar, evento realizado pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) e ONG Ação Fome Zero. Ao todo, 29 prefeitos foram premiados, sendo 3 do estado do Pará: Paragominas, Ananindeua e Castanhal. Mas, a cidade de Paragominas é a campeã em todo o Brasil por ter recebido o maior número de premiações em todos esses anos, são 9, no total. Ou seja, a cidade recebe a honraria desde que o Prêmio foi lançado, em 2004.

O prefeito e o Ministro Gilberto Carvalho
O Ministro-chefe da Secretaria-geral da Presidência da República, Gilberto Carvalho, a Ministra do Desenvolvimento Social, Tereza Campelo, o Ministro do Desenvolvimento Agrário, Pepe Vargas, o Presidente do FNDE, José Carlos Wanderley Dias de Freitas e o Presidente do Conselho Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional, Maria Emília Lisboa Pacheco estiveram entre as autoridades e destacaram a importância da premiação para o salto de qualidade na alimentação e no rendimento escolar desses alunos. 

A Ministra Tereza Campelo, que já esteve em Paragominas, parabenizou o fato de a Prefeitura comprar os produtos da Merenda de pequenos agricultores. “A cidade de Paragominas é a que possui mais premiações em todo o Brasil e mostra que a relação com a agricultura familiar é o caminho para o sucesso na qualidade da merenda servida nas cantinas das escolas municipais”.

Adnan e a Ministra Tereza Campelo
E tem mais um “grande detalhe” nessa história: Demachki é o único gestor em todo o Brasil a receber a premiação 8 vezes consecutivas, ou seja, desde que assumiu a prefeitura de Paragominas, em 2005, “papa” a tão cobiçada estatueta. Segundo o gestor, esse é um resultado da política voltada à qualidade na alimentação escolar implementada no município e que é reconhecida em todo o país. “Todas as nossas 30 mil crianças matriculadas na rede municipal de ensino recebem não só uma merenda, mas uma alimentação completa elaborada por profissionais comprometidos e capacitados para montar o cardápio servido, tanto na zona urbana, quando na rural e indígena”, afirma Demachki.

O prefeito e a merendeira Antônia Souza
Além disso, conta o prefeito, hoje a Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Educação, fornece a mesma merenda aos alunos da Educação de Jovens e Adultos (EJA) e ao alunos atendidos pelo Programa de Alfabetização de Adultos. “Há alguns anos, entendemos que esses alunos também precisam receber a mesma qualidade da merenda oferecida às crianças e jovens das séries iniciais, pois a maioria deles, vão direto do trabalho para a escola e não tem tempo e, alguns nem condições, de fazer uma boa refeição, com as vitaminas e minerais necessários”, conta.

No cardápio das escolas de Paragominas, verduras, frutas, legumes e sucos naturais, além de frangos criados nas colônias próximas à cidade. Aliás, a matéria-prima que compõe a merenda premiada de Paragominas vem de quintais e de hortas cultivadas por pequenos agricultores do município que viram nessa parceria, uma alternativa de vender a produção, além de colaborarem para a boa alimentação da moçada das escolas de Paragominas.

Prefeito de Paragominas e o Ministro Pepe Vargas
Segundo Walmir Nogueira, coordenador da Merenda Escolar de Paragominas, a parceria com pequenos produtores é um dos motivos para o sucesso do programa. “A gente trabalha com compra direta do produtor, livrando-nos dos atravessadores. Isso faz com que consigamos maior quantidade do produto a um preço mais acessível, sem perder qualidade”, revela o coordenador.

Na cerimônia, realizada num hotel de Brasília, Adnan Demachki levou a merendeira Antônia de Souza Santos, da Escola Municipal Maria Luiza de Barros, escolhida por ser destaque em alguns requisitos pra lá de importantes: higiene pessoal, não uso de adornos (como brincos, anéis, relógios, que podem contaminar a merenda), uso correto do uniforme, etc.

O PRÊMIO

O Prêmio Merenda é uma atividade de avaliação, seleção e divulgação de boas gestões públicas municipais do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE). Seu objetivo é destacar os prefeitos que realizam gestões criativas e responsáveis do PNAE e disseminar estas boas práticas, para que sejam conhecidas e adotadas por outros gestores. É uma das ações do Projeto Gestão Eficiente da Merenda Escolar, cujo objetivo geral é contribuir para que os recursos públicos previstos no PNAE sejam efetivamente gastos em merenda de qualidade, na quantidade e regularidade necessárias para o desenvolvimento dos alunos da rede pública de ensino.

Em 2004, quando a premiação foi criada, apenas 383 prefeituras haviam se inscrito para participar. Segundo o presidente do Comitê Ação Fome Zero, Antoninho Trevisan, em 2005 houve uma queda, mas a partir de 2006, houve um crescimento. E, em 2009, 1099 prefeituras se inscreveram. Como é feito um crivo rigoroso, apenas 32 conseguiram ser premiadas. Trevisan disse que Paragominas merece um parabéns duplo, por usar corretamente o recurso destinado à alimentação dos alunos. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Siga o ParagoNews

Minha lista de blogs