quarta-feira, 9 de janeiro de 2013

Serra Pelada: estimativa para o primeiro ano de produção deve sair em três meses


A Serra Pelada Companhia de Desenvolvimento Mineral (SPCDM), empresa de mineração localizada no município de Curionópolis, sudeste do Pará, atingiu a camada do solo onde serão colhidas as amostras necessárias para estimar a reserva mineral que poderá ser extraída no primeiro ano de produção do projeto, o chamado bulk sample. O processo consiste na coleta de camadas de solo que serão analisadas em sua maioria por um laboratório nacional e uma pequena parte pelo Met-Solve Laboratories Inc, em Vancouver, no Canadá – um dos melhores no mundo –, seguindo normas internacionais para analisar a presença dos três elementos mais comuns na região: ouro, paládio e platina.
A SPCDM, que resulta da parceria entre Colossus Mineração e a Cooperativa dos Garimpeiros de Serra Pelada (Coomigasp), espera concluir a extração de amostras nas próximas três semanas e a divulgação dos resultados da análise está prevista para o mês de março. O solo analisado não será comercializado e ficará armazenado para um futuro beneficiamento. Ainda em fase de implantação, o projeto tem o início da operação previsto apenas para meados de 2013.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Siga o ParagoNews

Minha lista de blogs