sexta-feira, 7 de junho de 2013

Paragominas comemora um ano do Lago verde

8Localizado nas margens da PA 125, onde a cidade surgiu no início dos anos 60, o Lago Verde de Paragominas não é considerado apenas mais um cartão postal do município, ele também representa um símbolo de transformação e superação, que contou com o apoio e empenho de toda a comunidade para efetivamente acontecer. E marco de todo o esforço da gestão municipal como o apoio da comunidade comemorou um ano de fundação na última sexta feira, 31 de maio.
Nas décadas de 60 e 70, o córrego onde nasceu o Lago Verde era um lugar de divertimento para crianças, mas com o passar dos anos e com a ocupação urbana, lixo e entulhos foram acumulando no local, comprometendo a vida do córrego. Hoje com uma área de mil metros de extensão, a situação é completamente diferente, após um intenso processo de revitalização, o Lago Verde de Paragominas é um dos locais mais bonitos e procurados por moradores e visitantes.
Durante 12 meses  de muito trabalho envolvendo dragagem e abertura de áreas. A construção do lago foi conduzida por alguns desafios, entre eles o remanejamento de famílias que moravam no entorno e nas margens do lago e que sofriam com enchentes ocasionadas pela cheia do Paragominas. A partir das obras as famílias foram realocadas em conjuntos residenciais com toda a infraestrutura necessária.
Para o então prefeito e idealizador do projeto, Adnan Demachki , não foi um trabalho fácil. “Quando começamos a limpar o igarapé e suas margens, que estavam tomadas por um matagal, retiramos enorme quantidade de restos de ossos de gado, muitos pneus velhos e até uma carcaça de um fusca. Para isso usamos escavadeiras hidráulicas e caçambas retirando lixo e preparando o local para a construção do lago” revelou o antigo gestor.
Após a remoção da grande quantidade de lixo, iniciou outro grande trabalho: a infraestrutura. “A ideia era transformar um lugar extremamente poluído num lugar que pudesse trazer qualidade de vida pras pessoas. Foram depositados no lado cerca de 10 mil peixes nativos; construímos um calçadão em torno do lago pra que as pessoas pudessem caminhar; uma academia ao ar livre e um parque infantil foram construídos nas margens. Também foram colocados pedalinhos e uma cascata iluminada foi feita para dar um toque especial a noite. Tudo foi pensado baseado em um forte apelo ambiental e também em proporcionar qualidade de vida às pessoas que frequentam o espaço”, conclui Adnan.
O cartão postal do município verde também é sinônimo de preservação e consciência ambiental. Banquinhos de madeira reaproveitada, uma pequena ponte feita com madeira apreendida de desmatamento ilegal e uma cascata que corre água limpa são algumas características que contribuem para Paragominas ser o município mais verde do Pará.
Para o prefeito de Paragominas, Paulo Tocantins, ha um ano a cidade ganhou mais vida, pois de um lugar "feio", nasceu um dos pontos mais bonitos bem no centro da cidade, local de ponto de encontro de familias e jovens paragominenses. "Alem disso, no Lago tambem realizamos eventos, como o Torneio de Pesca, acontecimentos culturais, como o Natal Enacantado e tantos outros realizados por nossas secretarias. E, e claro, e o lugar mais procurado - junto com o Parque Ambiental -, para se admirar o meio ambiente", afirma Tocantins.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Siga o ParagoNews

Minha lista de blogs