segunda-feira, 30 de junho de 2014

Governador inspeciona obra de hospital e inaugura serviços em Paragominas

O Pará ganhará, já no final de julho, mais um grande reforço para a Saúde do Estado. Trata-se do Hospital Regional Público do Leste do Pará (HRPL), que está prestes a funcionar no município de Paragominas, na região do Capim. Com 84 leitos, sendo 20 em Unidade de Terapia Intensiva (UTI), o novo hospital será o primeiro a garantir assistência de média e alta complexidade para cerca de 500 mil habitantes de onze municípios paraenses situados ao longo da Rodovia Belém-Brasília. Na noite desta sexta-feira, 27, o governador Simão Jatene inspecionou o hospital, que já está em fase de ajuste de equipamentos e finalização de treinamento de pessoal.
Na nova unidade, a população usuária dos serviços contará com atendimento em clínica médica, cardiologia, cirúrgica, endocrinologia, mastologia, neurocirurgia/neurologia, ginecologia, urologia/oncologia e traumatologia-ortopedia. Todos esses serviços terão suporte de Apoio Diagnóstico e Terapêutico com análises clínicas, raios-X, tomografia, mamografia, ultrassonografia, holter (dispositivo que monitora continuamente a atividade elétrica cardíaca de pacientes), eletroencefalograma, eletrocardiograma, ecocardiograma e Mapa (Monitorização Ambulatorial da Pressão Arterial).
“Quando tivemos a iniciativa de construir os hospitais regionais, muitas pessoas não acreditaram e disseram que não teria nenhuma chance de fazer essas unidades funcionarem. Hoje, os nossos hospitais regionais se tornaram grande referência para a Saúde do Estado. O Regional de Santarém, por exemplo, faz tratamento de câncer, e o de Redenção, que há dez anos nem sequer existia, hoje está fazendo transplante renal. É isso que também queremos para cá. Agora chegou finalmente o momento de Paragominas ter seu hospital regional”, destacou o governador.
O secretário especial de Proteção Social, Adnan Demachki, observou que o novo hospital tem uma importância muito grande para a população de toda a região. “Fico feliz em fazer parte desse momento tão significativo para a história do município, contribuindo para trazer um hospital de alta complexidade para a população da cidade e da região, que hoje não dispõe sequer de um leito de UTI”, disse, lembrando que a população será atendida e tratada no próprio município, o que assegurará mais rapidez e eficiência na assistência aos pacientes, e ajudará a descongestionar o atendimento na capital.
A dona de casa Jurema Moraes, 56 anos, que mora na rua em que o hospital irá funcionar, está entusiasmada com a novidade. “Nunca imaginei que teria um hospital assim praticamente ao lado da minha casa. Nós, moradores de Paragominas, estamos muito felizes com a chegada desse hospital”, comemorou.
Segurança e Cidadania – O governador também aproveitou a visita à Paragominas para entregar obras e investimentos importantes para a população. Em sua passagem pelo município, Simão Jatene e sua comitiva inauguraram a Unidade Avançada do Centro de Perícias Científicas “Renato Chaves”, o Núcleo de Atendimento Pro Paz Integrado, e fizeram ainda a entrega de CredCidadão, destinando R$ 243 mil para a linha convencional e mais R$ 140 mil para mototaxistas. Além disso, houve a assinatura de convênio para obras do programa 'Asfalto na Cidade'.
Com a implantação do Núcleo de Atendimento Pro Paz Integrado, a população local receberá atendimento especializado no enfrentamento à violência, feito de maneira integral e interdisciplinar, que inclui assistência médica, psicossocial e de defesa social, além da perícia às vítimas e seus familiares em um único espaço. Contando com o Núcleo de Paragominas, chega a cinco o número de unidades de atendimento do Pro Paz Integrado no Estado.
Duas delas estão em Belém – uma na Santa Casa de Misericórdia do Pará e outra no Centro de Perícias Científicas Renato Chaves, outra funciona em Santarém, para atender a Região do Baixo Amazonas, e mais uma em Bragança, atendendo toda a Zona Bragantina. Outros dois núcleos de atendimentos do Pro Paz Integrado serão inaugurados: o primeiro em Altamira, que vai atender toda a Região de Integração do Xingu; e o segundo no município de Tucuruí, voltado à Região de Integração do Lago.
Já a Unidade de Paragominas do Centro de Perícias Científicas Renato Chaves, também inaugurada pelo governador nesta sexta, dispõe de uma completa estrutura para oferecer serviços especializados nas áreas de medicina legal e criminalística. O projeto, iniciado e não concluído no governo passado, foi retomado no final de 2012 pelo Governo do Estado, após passar por readequações, como a construção de mais dois consultórios e a ampliação da sala de necropsia.
A obra, orçada em R$ 421.624 mil, faz parte da política de descentralização do órgão no Estado. O objetivo é atuar nas Regiões Integradas de Segurança Pública, que reorganizam o atendimento em áreas específicas de atuação. Localizado no centro da cidade, o prédio recentemente construído foi projetado e aparelhado com equipamentos exigidos pela Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp). Além de Paragominas, o novo núcleo avançado vai atender mais cinco municípios da região (Aurora do Pará, Mãe do Rio, Ulianópolis, Ipixuna do Pará e Dom Elizeu).
Bruna Campos 
Secretaria de Estado de Comunicação

Governo do Estado nomeia 523 concursados para reforçar quadros da Sefa e Polícia Civil


Governo do Estado nomeia 523 concursados para reforçar quadros da Sefa e Polícia Civil

Foi publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) desta segunda-feira (30) a nomeação dos concursados para a Polícia Civil e Secretaria de Estado da Fazenda. No caso da Polícia Civil, são delegados, investigadores, escrivães e papilocopistas, enquanto a Fazenda recebe auditores e fiscais da Receita. A homologação do resultado final dos concursos C-169 e C-170 da Polícia Civil foi publicada na sexta-feira (27), com 372 novos policiais aprovados, sendo que aguardam decisão judicial 14 candidatos. As nomeações integram as ações do Planejamento Estratégico do Sistema de Segurança Pública e Defesa Social, que visa combater a criminalidade em todo o Estado com ações projetadas até o ano de 2032.
 
Com a nomeação dos novos Policiais Civis, todos os 144 municípios passarão a ter delegados. Segundo o titular da Secretaria de Estado de Segurança Pública, Luiz Fernandes Rocha, "a nomeação dos novos policiais visa o cumprimento do dever do Estado de garantir segurança pública a todos os municípios paraenses e demonstra que o governo vem cumprindo os compromissos assumidos, ampliando o contingente tanto na Polícia Civil quanto na Polícia Militar, além dos investimentos em novos equipamentos de segurança pública já efetivados”, declarou.
 
Os concursos C-169 e C-170 da Polícia Civil foram realizados por meio do Edital 01/2013-Sead-PCPA, publicado no DOE em 24 de janeiro daquele ano, visando o preenchimento de 150 vagas para o cargo de delegado, 250 vagas para investigador, 250 para escrivão e 20 para papiloscopista, sendo que nem todas as vagas foram preenchidas. Foram nomeados também no DOE desta segunda-feira, 63 novos Auditores Fiscais de Receita e 88 Fiscais de Receita, aprovados no concurso C-172 da Secretaria de Estado da Fazenda (Sefa), realizado em 2013. O concurso ofertou 100 vagas para auditor fiscal de receitas e 100 vagas para fiscal de receitas. As vagas remanescentes serão preenchidas mediante um novo concurso a ser feito posteriormente.
 
O secretário de Estado da Fazenda, José Tostes Neto, diz que a realização deste concurso é uma medida de fundamental importância para o processo de modernização, aprimoramento e profissionalização da Administração Tributária do Estado do Pará, iniciado com a Lei Orgânica da Administração Tributária, em 2011. "Representa uma garantia do prosseguimento desse processo, que certamente permitirá ao Pará viabilizar o atendimento das inúmeras necessidades de sua população e, principalmente, o enfrentamento do desafio de redução da pobreza e da desigualdade. Com a nomeação de auditores fiscais e dos fiscais de receita, o Estado deverá aprimorar a operacionalização das diversas ações da Sefa e alavancar ainda mais a arrecadação estadual”, explicou o secretário.
 
Recorde
 
De janeiro de 2011 a junho de 2014, o Estado já nomeou 12.874 aprovados em concursos públicos para preenchimento de vagas nos diversos órgãos da administração direta, autarquias e fundações públicas no âmbito do Poder Executivo Estadual. Em 2011 foram 4.495 nomeações; em 2012 foram 4.631; em 2013, 3.279 nomeações; e de janeiro a junho de 2014, foram 469 nomeações. Com a efetivação dos policiais civis, auditores fiscais e fiscais de receita, foram totalizadas 13.397 nomeações realizadas pela atual gestão.
 
A secretária de Estado de Administração, Alice Viana, ressalta que é uma política de Estado dotar a administração dos cargos e profissionais necessários à prestação de serviços públicos, garantindo cada vez mais a presença do Estado em todo o território paraense. “Na medida em que há a necessidade da administração de novos quadros, nós temos providenciado concursos públicos, como é o caso daqueles que estão em fase de realização. Só para as Polícias Civil e Militar foram mais de duas mil vagas preenchidas para fazer face à necessidade apresentada na área da segurança”, destaca. Acesse a versão online do Diário Oficial do Estado no link: www.ioe.pa.gov.br.
 
Ascom/Sead

Governo antecipa pagamento do auxílio-fardamento para praças da PM e Bombeiros



 
O governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Administração (Sead), antecipou o pagamento já no contracheque de junho do auxílio-fardamento, benefício que corresponde a um soldo, para soldados e cabos da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros Militar. O pagamento de junho será feito nesta sexta-feira (27), conforme o calendário de pagamento dos servidores divulgado na última segunda (23).
 
O auxílio-fardamento é concedido duas vezes ao ano, nos meses de julho e novembro. Para os soldados, o soldo é equivalente ao salário mínimo, atualmente fixado em R$ 724; para os cabos, o valor está em R$ 760, tanto para os praças do Corpo de Bombeiros como da Polícia Militar. Assim, além dos vencimentos normais mensais, cada praça recebe, já agora em junho, o valor do primeiro auxílio do ano, que estava programado apenas para julho.
 
Com a medida, o impacto financeiro na folha de pagamento do Estado chega a quase R$ 11 milhões, beneficiando cerca de doze mil praças. “Esse é mais um compromisso do governo do Estado que foi assumido e está sendo devidamente cumprido, demonstrando o respeito que a categoria dos militares recebe por parte desta gestão”, afirmou a titular da Sead, Alice Viana.
 

sábado, 28 de junho de 2014

Para os policiais militares meditarem


Às vezes eu fico pensando na resistência que alguns policiais criam em relação à filosofia de prevenção.
E depois, pergunto-me: se o roubo e o homicídio são resultados da ausência do poder público e se tem esses crimes porque faltam políticas públicas, como é que nossos policiais se submetem a uma desumana escala de serviço, vendem suas folgas, sacrificam a convivência com a família, quando a POLÍCIA COMUNITÁRIA prega justamente a MELHOR QUALIDADE DE VIDA DO POLICIAL?


Como é que queremos apoio da população se somos cada vez mais distantes dela?

Como é que pedimos aumento de nossa remuneração se não temos apoio da sociedade?

Como é que queremos ser bem avaliados pela comunidade, se chegamos no bairro apenas quando chamados pelo 190 para bater, para atirar ou para prender?

Será que continuaremos a querer ser PULIÇA?

Meus amigos, esse modelo da exclusiva repressão, onde a sociedade culpa apenas a polícia pelas mazelas sociais, interessa a muitas autoridades, menos aos policiais.
Atentem para isso e um dia me darão razão.

CEL PM COSTA JR. - orgulho de ser da PM DO PARÁ.

sexta-feira, 27 de junho de 2014

SEMAS realiza ação de combate ao trabalho infantil

Nesta sexta-feira, 27, será o último dia de mobilização das equipes da Secretaria Municipal de Assistência Social (SEMAS), de sensibilização da população sobre combate ao trabalho infantil. Desde segunda-feira, 23, os profissionais tem atuado em pontos da cidade com orientação e distribuição de folders explicativos sobre a exploração de mão-de-obra infantil. Neste último dia a equipe da SEMAS estará nas proximidades do Mercado Municipal e Praça Célio Miranda, por volta das 9h.

Projeto Pecuária Verde apresenta bons resultados em Paragominas e conta com apoio do GTPS

Resultados mostram crescimento na produção das seis fazendas participantes do projeto no Pará e melhoria de 78% na rentabilidade
Os próximos desafios são de continuar o aumento da lotação das pastagens, com melhoria nas forrageiras e no desempenho animal (Foto: Marco Flávio)
As parcerias firmadas para alcançar a sustentabilidade na produção da carne bovina brasileira já obtêm bons resultados. Um bom exemplo é o projeto Pecuária Verde, desenvolvido em Paragominas (PA) a partir de 2011 pela parceria entre o Sindicato Rural de Paragominas, a organização de conservação ambiental The Nature Conservancy (TNC) e o instituto de pesquisa Imazon. Com financiamento do Fundo Vale e Dow AgroSciences e participação de seis propriedades rurais, o projeto já apresenta excelentes resultados: a produção das fazendas passou de 7@/ha para 30@/ha dentro das áreas intensificadas (10%). E a melhoria na rentabilidade foi de 78%. Resultados como esses levam o Grupo de Trabalho da Pecuária Sustentável (GTPS) a apoiar o projeto Pecuária Verde, como também compartilhar seus resultados pelo bem da pecuária sustentável no Brasil.
O projeto é desenvolvido com base em três frentes: adequação ambiental (separação das Áreas de Preservação Permanente e, de acordo com a aptidão técnica, a escolha do local das Reservas Legais e de produção), bem estar e ética na produção e na importância da produtividade. “Em média, a taxa de intensificação inicial foi de apenas 10%. Trabalhamos nas áreas de não produção com a regeneração e enriquecimento da vegetação e nas áreas de produção no controle e manejo de plantas invasoras e a limpeza dos pastos”, explica José Benito Guerreiro, especialista em agricultura sustentável da TNC e coordenador da Comissão de Disseminação do GTPS.
Os resultados alcançados também mostram, além da melhoria na produção das seis fazendas, a melhoria de margem de 0,8@/ha para 1,44@/ha nas fazendas como um todo. Portanto, com 90% da área, a produtividade teve um aumento de 33% e a rentabilidade em 78%. Com a intensificação de 20% da área, os resultados estimados são a melhoria de margem de 0,8@/ha para 2,07@/ha.
De acordo com o presidente do Sindicato Rural de Paragominas, Mauro Lúcio Costa, a mudança almejada não está no volume de produção de carne, mas na qualidade. “Só assim conseguiremos êxito no trabalho de disseminação. Desde o princípio fazer muito bem feito, com muita seriedade e dedicação”, declara. Para José Benito Guerreiro, a adequação ambiental não representa somente o cumprimento do código florestal. “É a oportunidade de demonstrar como o produtor pode ser eficiente dentro daquilo que lhe sobra para produzir, cumprindo a lei e sabendo o quanto é rentável a sua atividade”, diz. 
Os próximos desafios são de continuar o aumento da lotação das pastagens, com melhoria nas forrageiras e no desempenho animal. “Precisamos desenvolver estratégias para os períodos de estiagem. A pecuária sustentável na prática está sendo pautada na produtividade e rentabilidade com a visão da cadeia produtiva”, afirma Guerreiro. “Tudo isso muda a percepção dos funcionários, vizinhos, clientes e visitantes em relação à condução da técnica e a gestão da propriedade”.
O Pecuária Verde também defende o Cadastro Ambiental Rural (CAR) como uma ferramenta não somente de cumprimento de lei, mas também para o planejamento e a gestão, na avaliação do ativo, passivo e do potencial para a intensificação, modificação e melhoria da propriedade rural. O projeto faz parte do programa Pecuária Sustentável na Prática, desenvolvido pelo GTPS, e que permite a troca de experiências com outros projetos.

quinta-feira, 26 de junho de 2014

Se PEC 37 tivesse sido aprovada, MPF já teria sido impedido de abrir 80 mil investigações

Levantamento foi realizado nesta quarta-feira, no aniversário de um ano da rejeição da proposta

O Ministério Público Federal (MPF) teria sido impedido de abrir 80.014 investigações criminais em todo o país nos últimos 12 meses caso a pressão popular não tivesse levado a Câmara dos Deputados a arquivar a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 37/2011. A proposta, que ficou conhecida como PEC da impunidade, foi arquivada em 25 de junho do ano passado.

A não aprovação da PEC foi uma das reivindicações que levaram às ruas milhares de brasileiros nos protestos de junho de 2013.Se tivesse sido aprovada, o poder de investigação criminal seria exclusivo das polícias federal e civis, retirando esta atribuição de alguns órgãos e, sobretudo, do Ministério Público.

O levantamento do número de procedimentos de investigação criminal abertos nesse último ano foi realizado pelo MPF no Pará. No Estado, de 25 de junho de 2013 a esta quarta-feira, 25 de junho de 2014, foram abertas 1.239 investigações criminais, atuação que teria sido impedida caso a PEC 37 tivesse sido aprovada. A proposta foi derrubada com 97% dos votos (430, contra 9 favoráveis e 2 abstenções).
Segundo os membros do MPF no Pará, o trabalho do Ministério Público e da polícia tem sido historicamente conjunto, de cooperação e colaboração, e essa parceria tem que ser aprimorada, e não encerrada, como propunha a PEC 37. A participação popular na luta pela derrubada da proposta foi lembrada em todas as manifestações de membros do MPF após a votação na Câmara, que agradeceram o apoio recebido.

Confira tudo o que o MPF já publicou sobre a PEC 37: http://goo.gl/92jSau

Susipe inicia obras da nova unidade prisional de Paragominas

A Superintendência do Sistema Penitenciário do Estado (Susipe) iniciou as obras da nova unidade prisional de Paragominas, na região do Rio Capim, que terá capacidade para 306 vagas. A obra conta com recursos do Fundo Penitenciário Nacional (Funpen), por meio do Ministério da Justiça, e contrapartida do Estado, somando um investimentos total de R$ 7 milhões. A previsão para entrega é junho de 2015.

O superintendente do Sistema Penal do Pará, André Cunha, e o prefeito de Paragominas, Paulo Tocantins, fizeram uma visita técnica ao canteiro de obras na manhã desta quinta-feira, 25. “A nova unidade prisional irá equalizar o problema do déficit de vagas carcerárias no município. É um importante investimento do Governo na área da segurança pública numa região do estado que tem um grande potencial de desenvolvimento econômico e, por isso mesmo, atrai um grande número de pessoas. E um dos reflexos dessa atração é o aumento da criminalidade”, explica André Cunha.

Para o prefeito de Paragominas, Paulo Tocantins, a nova unidade prisional irá atender a demanda de toda a região. “É um investimento necessário, pois Paragominas é um polo regional que já atende não só o município-sede como outras localidades próximas. Com o novo centro de detenção, nos próximos anos certamente toda a região estará bem atendida no que se refere ao sistema carcerário”, afirma o prefeito.

O novo centro de detenção contará com salas de aula, infocentro, enfermaria, consultórios médico, odontológico e psicossocial, além de um sistema sustentável de reaproveitamento da água da chuva para a rede de esgoto, jardinagem e limpeza da unidade. “É uma casa penal dotada de uma infraestrutura completa que possibilita não só a custódia digna dos presos, como impulsiona o trabalho de reinserção social já desenvolvido pela Susipe”, garante André Cunha.

Na nova unidade prisional, os agentes penitenciários irão monitorar os internos de um andar superior, o que garante um maior nível de segurança contra possíveis tentativas de fugas. Um circuito interno de câmeras também está previsto para o monitoramento eletrônico. O modelo é o mesmo adotado na construção de outros presídios do Estado e segue as novas diretrizes do Departamento Penitenciário Nacional (Depen), inclusive com acessibilidade e celas para detentos portadores de necessidades especiais.

Do total de recursos investidos na obra, 55% são de contrapartida do Estado. O prazo para execução do projeto é de 12 meses. “O Governo do Estado está investindo mais de R$ 100 milhões na construção de 20 novos centros de detenção no Pará. Até o final de 2014, a meta é criar cerca de três mil novas vagas no sistema prisional do Estado. Com a nova unidade prisional pretendemos desativar todo o pavilhão de celas móveis do Centro de Recuperação Regional de Paragominas”, conclui o superintendente da Susipe.

Atualmente, 17 novas unidades prisionais já estão em construção nos municípios de Bragança, Marabá, Parauapebas, Paragominas, Santarém, Santa Izabel, São Felix do Xingu, Tomé-Açu e Vitória do Xingu. No total, seis mil novas serão contratadas na atual gestão, o que representa o maior investimento estrutural para o sistema penitenciário já feito no Pará.

Timoteo Lopes
Superintendência do Sistema Penitenciário do Estado do Pará

Secretaria Municipal de Assistência Social SEMAS

Encerramento de Curso de informática

Nesta quarta-feira, 25,será promovido o encerramento do curso informática, da Associação Espaço Nagibão, que atende, em convênio com Secretaria Municipal de Assistência Social – SEMAS, crianças e adolescentes do bairro Nagibão. A Associação atua no âmbito do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos – SCFV.

Odonto Sesc realiza ação no Projeto Renascer

O Odonto Sesc, iniciativa do Serviço Social do Comércio (Sesc), que promove atendimento odontológico gratuito a população, realizará uma ação de saúde, nesta quinta-feira, 26, direcionada aos participantes do Projeto Renascer, que atende idosos com atividades lúdicas e físicas. A açãoserá promovida a partir das 8h30, no Centro de Convivência Socorro Gabriel.

Violência: Soldado Aragão é morto a caminho do quartel


0-0-01-a-a-a-aragao-b.jpg - 19.57 KB
























No início da noite desta quarta-feira (25), o policial militar Ronaldo Soares Aragão (foto) foi assassinado a tiros na Folha 33, Nova Marabá, na marginal do trecho duplicado da Rodovia BR-230. O policial estava fardado e foi executado por uma dupla que chegou ao local numa moto Bross de cor preta. A maioria dos tiros atingiu o rosto da vítima.

Procurado, via telefone, logo depois da execução, o tenente-coronel José Eduardo de Oliveira Pimentel, comandante do 4º Batalhão de Polícia Militar (4º BPM), em Marabá, disse que ainda não tinha informações sobre o caso e que ainda estava começando a apurar o ocorrido.

O policial atualmente estava tirando serviço no Corpo de Guarda do quartel e foi morto a caminho do serviço, ainda em cima da moto.

Aragão foi um dos seis policiais presos durante a “Operação Matamento”, da Polícia Federal, em 27 de junho de 2007. Todos eram acusados de integrar grupo de extermínio e dos seis militares presos, ele foi o terceiro a assassinado.

Além disso, soldado Aragão era investigado pela Divisão de Repressão ao Crime Organizado (DRCO), pelo assassinato do cabo Freitas, também da Polícia Militar, em 20 de fevereiro deste ano.


Após o assassinato de Aragão, surgiram boatos de que quatro pessoas foram mortas na Nova Marabá, mas tanto o IML quanto a Polícia Civil negaram.

MPF realizará workshop para jornalistas do Pará

O Ministério Público Federal do Pará (MPF/PA) realizará o workshop 'Por dentro das Eleições 2014' para jornalistas. Ministrado pelo Procurador Regional Eleitoral, Alan Mansur Silva, o evento ocorrerá no dia 15 de julho, às 15hs, na sede do MPF em Belém.

O objetivo do workshop é apoiar o trabalho dos jornalistas na cobertura das eleições. Para isso, além do workshop, o MPF produziu uma cartilha que apresenta, de forma clara e objetiva, a jurisprudência mais recente, a legislação eleitoral, as irregularidades mais frequentes e o funcionamento da Justiça Eleitoral e a forma de atuação do MPF.
Os interessados podem se inscrever previamente enviando nome completo e veículo para o e-mail ascom@prpa.mpf.gov.br. São 45 vagas disponíveis para os jornalistas do Pará.

Serviço – Workshop 'Por dentro das Eleições 2014'
Quando? Dia 15 de julho.
Onde? Sede do MPF em Belém – Edifício Evolution.
Que horas? 15H00.
Quem? Procurador Regional Eleitoral Alan Mansur Silva.

Data-base 2014: trabalhadores rejeitam proposta das ORM

A diretoria do Sindicato dos Jornalistas do Pará (Sinjor/PA) realizou na quarta-feira, 25, assembleias setorizadas na redação de O Liberal. Os trabalhadores deliberaram pontos prioritários da Pauta de Reivindicações que fora enviada à empresa em maio.
Entre as principais bandeiras estão: auxílio-alimentação, aumento real e contratação de mão de obra. As assembleias setorizadas nos locais de trabalho terão continuidade nesta quinta-feira, 26, quando o Sinjor/PA realizará assembleias meio dia e 18h30 na TV Liberal.
A Pauta de Reivindicações foi enviada às ORM em maio. A empresa, via assessoria jurídica, enviou contraproposta restringindo a renovação do acordo coletivo de trabalho (ACT 2014/2015) a somente a reposição da inflação do período, ou seja, o Índice Nacional de Preço ao Consumidor (INPC) de 5,81% nos salários, proposta que vem sendo rejeitada nas assembleias.
A expectativa dos jornalistas das ORM é que a empresa se disponha o mais breve possível a negociar a Pauta, caso contrário encaminhará ações para pressionar a empresa a negociar e atender as justas reivindicações dos trabalhadores. Nova assembleia está marcada para o dia 5 de junho, às 16h, na sede do Sinjor, na rua Diogo Moia, 986.

quarta-feira, 25 de junho de 2014

Açaí estava sendo misturado à acetona no Guamá

Uma pessoa foi presa em ação do Ministério Público, que comprovou a adulteração do produto

Redação ORM News

Uma pessoa foi presa e um ponto de venda de açaí foi fechado na manhã desta quarta-feira (25), após ser comprovada a mistura de acetona, liga neutra, corante e papel higiênico ao produto. A prisão foi resultado de uma ação conjunta provocada pelo Ministério Público Estadual, mediante denúncias da mistura em pontos de venda de açaí no bairro do Guamá.
De acordo com informações do Ministério Público Estadual, a suspeita é de que batedores artesanais de açaí estariam misturando, entre outros produtos, farinha de mandioca, farinha de tapioca e corantes ao açaí vendido ao consumidor final.
A ação, em parceria com a Delegacia do Consumidor (Decon), Proteção e Defesa do Consumidor (Procon), Guarda Municipal e Departamento de Vigilância Sanitária de Belém (Devisa), começou às 9h e, menos de uma hora depois do ínicio, já havia comprovado uma das denúncias, que resultou na interdição de um ponto de venda de açaí, localizado na Passagem Pedreirinha, na prisão do proprietário.
A fiscalização continua no bairro do Guamá.

Denúncias podem ser feitas para a Vigilância Sanitária pelo fone: (091) 3344 1754

Detentos fazem motim em casa penal de Paragominas

Redação ORM News

Detentos do Centro de Recuperação Regional em Paragominas, nordeste do Pará, fizeram um motim na manhã desta quarta-feira (25). O tumulto começou por volta das 7h dentro de uma das celas.
Os presos reclamam de falta d'água no local. Segundo funcionários, o desabastecimento já dura três dias. 
O grupo tático da Polícia Militar foi chamado para controlar a situação. A direção da casa penal informou que ainda hoje a bomba d'água do prédio será substituída.

Paragominas recebe certificado do MPF

unnamed
O prefeito de Paragominas, Paulo Tocantins, recebeu esta semana certificado do Ministério Público Federal pelo cumprimento do Termo de Ajuste de Conduta – TAC, que determinou a realização de ações de prevenção e combate ao trabalho infantil. Durante 11 anos, o município foi monitorado pelo Ministério Público do Trabalho, que comprovou in loco o desenvolvimento das ações direcionadas à garantia dos direitos das crianças e adolescentes. Hoje, Paragominas atende, por meio da Secretaria de Assistência Social, 1.500 crianças e adolescentes e mais 600 por meio da Secretaria de Cultura, além de promover cursos de qualificação profissional para jovens acima de 15 anos.

MEC divulga resultado da segunda chamada do Sisu

O Ministério da Educação (MEC) divulga hoje (24) o resultado da segunda chamada do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), no site do programa. Os estudantes devem comparecer à instituição para a qual foram selecionados e providenciar a matrícula nos dias 27 e 30 deste mês e 1º e 2 de julho. As instituições não receberão matrícula no fim de semana.

O Sisu é o sistema informatizado do MEC no qual instituições públicas de ensino superior oferecem vagas para candidatos participantes do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). A seleção tem duas edições a cada ano. Puderam participar aqueles que fizeram o Enem de 2013 e não tiraram 0 na redação. Nesta edição do meio do ano, o sistema oferece 51.412 vagas e bateu recorde de inscrições.

Foram 1.214.259 candidatos inscritos, 54% a mais que no ano passado, quando foram registrados 788.819 candidatos. O sistema oferece 51.412 vagas em 1.447 cursos de 67 instituições de educação superior federais e estaduais. Os candidatos que não forem convocados nas duas chamadas poderão integrar a lista de espera de 24 de junho a 7 de julho.
(Agência Brasil)

Polícia Civil forma 386 novos policiais civis para atuar em todo Estado do Pará

Delegado-geral discursa no evento
Delegado-geral discursa no evento
Durante o curso, os formandos tiveram aulas diárias ministradas em dois turnos. Eles passaram por capacitações nas áreas de resolução de conflitos; criminologia; armamento, munição e tiro; Direitos Humanos; relações interpessoais; fundamentos de Polícia Comunitária, Atendimento Pré-Hospitalar e Gestão por Resultados, com, no total, 680 horas de aula. Essa é considerada a maior turma já formada nos últimos dez anos. O secretário Luiz Fernandes destacou que, com os novos policiais civis, todos os municípios do Pará passarão a ter a presença da Polícia Civil e em cada um deles haverá delegado. A solenidade foi marcada pelos discursos emocionados feitos pelo delegado-geral, Rilmar Firmino, e pela oradora da turma, a nova delegada Quésia Pereira Cabral. 


Quésia Cabral: Oradora dos formandos
Quésia Cabral: Oradora dos formandos
No discurso, o delegado-geral enfatizou que a formação dos novos policiais é não só uma vitória dos próprios alunos da Academia, mas também da sociedade paraense. Rilmar Firmino deu ainda um recado aos novos policiais. “Vocês escolheram uma das profissões mais dignificantes que existem. A partir de agora, o compromisso de vocês é com a verdade e a lealdade”, disse. 

Quésia Cabral agradeceu a todos os que contribuíram para a formação dos novos policiais civis e aos familiares dos alunos fundamentais para a realização do sonho de ser policial. 

Ela destacou ainda a importância do trabalho dos novos policiais. “Nossa missão é voltada principalmente para as pessoas mais carentes. Para os muitos Josés e as muitas Marias que existem nesse Pará tão grande, que muitas vezes precisam da ajuda da segurança pública no combate à exploração sexual infantil e às drogas que destroem suas famílias”. Para o governador Simão Jatene, a entrada de novos policiais somada à formatura de 1.800 policiais militares recentemente é um passo importante no combate à violência. “Sabemos que não vai resolver totalmente o problema. A violência é uma questão nacional com manifestações locais. É uma doença que não se cura com um remédio único porque reflete várias mazelas da sociedade. Mas a presença desses profissionais, principalmente nos locais mais longínquos do nosso Estado, trará mais tranquilidade à população”, ressaltou.
Jatene disse ainda que o combate à violência precisa da união de toda a sociedade. “É necessária uma grande cruzada da sociedade para recuperar valores. Vivemos uma crise de valores e princípios. Precisamos da união de todas as esferas de governo e de poderes para combater esse mal”, afirmou ele, ressaltando que o governo do Estado está entregando à sociedade paraense policiais capacitados, tanto na teoria quanto na prática para o exercício da polícia judiciária. O governador enfatizou também que, ao escolher ser servidor público, independente da área que se trabalha, a pessoa tem que entender a missão de servir ao público. “Os senhores escolheram um modo de vida. Ser policial em uma sociedade que trata a transgressão como ‘jeitinho’ vai exigir de vocês um exercício diário de ética e profissionalismo”, ressaltou. 
Os primeiros lugares ganharam medalhas
Os primeiros lugares ganharam medalhas
COMENDA No decorrer da solenidade, foi entregue a Medalha do Mérito de Ensino Policial Civil “Delegado Francisco Sales de Carvalho” aos primeiros colocados em cada área policial no Curso de Formação de Policiais Civis do Pará: Delegada Lyvia Christine Maciel Rodrigues; Papiloscopista Patrícia Yurika Baba; investigador Julimar Dias Vieira e escrivã Micheline Diniz Barreto.

A condecoração, que visa homenagear o aluno que tenha se destacado com real aproveitamento no Curso de Formação de Policial Civil, foi instituída no último dia 13.

O nome da Medalha é uma referência ao nome do primeiro diretor da Academia de Polícia Civil. A solenidade contou com a interpretação dos Hinos Nacional Brasileiro e da Polícia Civil pelo grupo musical Celebrai. A leitura do Juramento do Policial Civil foi feita pelo escrivão Jair Rodrigues Filho.
RETROSPECTO Os concursos foram anunciados pelo Governo do Pará, por meio da Secretaria de Estado de Administração (SEAD), em 25 de janeiro de 2013, quando foi publicado, no Diário Oficial, o edital para os concursos. As inscrições começaram em 6 de fevereiro de 2013, no site da Universidade do Estado do Pará (UEPA). Mais de 22 mil foram inscritos. No dia 5 de maio de 2013, foram aplicadas as provas para os cargos de carreira policial. Em fevereiro de 2014, foi publicado o resultado final da primeira etapa do concurso e convocação para o Curso de Policiais Civis.
A aula inaugural do Curso de Formação foi presidida pelo governador do Pará, Simão Jatene, em 24 de fevereiro de 2014. Em maio deste ano, tiveram início os estágios supervisionados dos acadêmicos. Durante o curso de formação, os alunos tiveram aulas sobre assuntos diversos, como Ética e Cidadania, Direitos Humanos, Prevenção, Mediação e Resolução de Conflitos, relações interpessoais, Atendimento aos Grupos em situação de vulnerabilidade, entre outros temas, além de palestras e aulas práticas, sobre defesa pessoal, operações policiais e armamento, munição e tiro.

Projeto Renascer em clima de festa junina

Desde a primeira semana do mês de junho, participantes do Projeto Renascer estão ensaiando para a apresentação de quadrilha. Os ensaios estão sendo realizados, com o apoio da Quadrilha Kaluá de Paragominas, toda terça e quinta-feira, a partir das 8h 30. A Quadrilha Renascer se apresentará no Arraial da SEMAS, que será promovido no dia 4 de julho, no Centro de Convivência Socorro Gabriel.

Sarau de Leitura
Nesta semana, de 25 à 27, o Projeto de Trabalho Técnico Social (PTTS) – Morada do Sol promoverá o Sarau de Leitura, no Residencial Morada do Sol. O evento será promovido, Casequinha, em dois horários: de manhã, às 9h, e a tarde, às 15h. O objetivo é fomentar a prática da leitura na localidade.

SEMAS ainda continua com Campanha de Erradicação do Trabalho Infantil
Até a sexta-feira, 27, as equipes da Secretaria Municipal de Assistência Social (SEMAS) ainda continuam a promover ações alusivas à Campanha de Erradicação do Trabalho Infantil. Pela manhã, em algum ponto da cidade, os profissionais da SEMAS realizam o trabalho orientação de prevenção a exploração da mão-de-obra de crianças e adolescentes. Confira por quando e onde estará a equipe da SEMAS:

23/06 – bairros Promissão I e II

24/06 – Residencial Morada do Sol

25/06 – Bairro Jaderlândia

26/06 – Bairros Jardim Bela Vista e Jardim Atlântico

27/06 – Centro e Mercado Municipal

sexta-feira, 20 de junho de 2014

Sems promoveu capacitação sobre ergonomia no trabalho para ASG

A Coordenação do Núcleo de Reabilitação Motora, da Secretaria Municipal de Saúde (SEMS), promoveu Capacitação sobre Ergonomia no trabalho aos Auxiliares de Serviços Gerais (ASG) que atuam na área da saúde municipal.



A capacitação foi ministrada pelas fisioterapeutas, Debora Tavares e Joseane Silva, cujo objetivo foi debater com os ASG sobre as dificuldades encontradas nodesenvolvimento do trabalho cotidiano e a avaliação da metodologia utilizada por eles, para que seja feita uma avaliação de como melhorar a prática dos referidos serviços realizados sem causar nenhum dano à saúde.

Para manter a qualidade do trabalho, é preciso que o trabalhador esteja com a saúde em dia. “Por isso é importante que os profissionais façam atividade física laboral para que não tenham desconfortos físicos e exerçam suas funções com saúde e qualidade”, disse o Secretário Municipal de Saúde, Francisco Antônio. 


A Coordenadora do Núcleo de Reabilitação Motora, Esdra Neves falou que é necessário prevenimos e incentivar os funcionários a adquirir novos hábitos de vida e uma consciência corporal, gerando um bem estar físico e emocional no ambiente de trabalho. 

Em Capanema,Marabá e Paragominas, católicos saíram em procissões do Corpus Christi

Em Capanema,Marabá e Paragominas, católicos saíram em procissões do Corpus Christi
Durante a celebração de Corpus Christi, na quinta-feira (19), tornou-se tradição em todo o país a confecção dos tapetes de serragem sobre as ruas das cidades com símbolos da eucaristia cristã. Em Capanema, no nordeste do Pará, o costume já dura 38 anos e envolve dezenas de fiéis que começaram os trabalhos na noite da última quarta-feira (18) e concluíram apenas às 5h desta quinta.

Os jovens católicos enfeitaram as ruas para receber a passagem da hóstia consagrada. Em seguida teve início a missa na igreja matriz de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, depois a procissão seguiu pelas principais vias do município.
Já em Marabá, na região sudeste do Pará, é a primeira vez que os tapetes com pó de serragem estão sendo feitos pelas ruas da cidade. Cada paróquia ficou responsável por confeccionar 100 metros de tapete, que foram finalizados nas primeiras horas da manhã de hoje.

“A procissão do Corpus Christi é o nosso testemunho de fé a Jesus Cristo eucarístico, à centralidade da nossa fé cristã católica”, afirmou Padre Ademir.
Paragominas

Em Paragominas, no sudeste paraense, a professora Edna Tomé até preparou um altar na frente de casa para ver passar a procissão de Corpus Christi. “O que seria de nós se a gente não tivesse Jesus em nosso coração?”, questiona.


A procissão saiu da paróquia de Nossa Senhora de Nazaré até a comunidade Santa Terezinha. Na chegada foi realizada a celebração da missa.
“Para nos é gratificante ver que toda a população paragominense, sobretudo a juventude, desde a noite se ontem se fazer presente”, disse o padre Deusamado Moura.

 G1 Pará


Polícia Civil autua dupla por receptação de carro roubado em Santa Maria do Pará

A Polícia Civil autuou em flagrante, nesta quarta-feira, 18, na cidade de Santa Maria do Pará, nordeste paraense, os presos Rogério da Silveira Alencar, 30 anos, de apelido “Boneco”, e Lucas da Silva Liborio, de apelido “Gordinho”. Eles foram flagrados, por uma guarnição da Polícia Militar, dentro de um carro Gol roubado. O veículo foi levado da cidade de Castanhal. O carro estava com a placa clonada e apresentava documentação falsificada, o que foi descoberto após minuciosa averiguação.



Conforme o delegado Patricio Pontes, há indícios de que os presos fazem parte de uma quadrilha especializada em roubo e adulteração de veículos subtraídos em Castanhal e região. Ainda, segundo o policial civil, os dois acusados residiam na localidade de Colônia do Prata, no município de Igarapé-Açu, no Pará.


Os dois não foram reconhecidos pela vítima do roubo, em Castanhal. Assim, eles irão responder pelos crimes de receptação dolosa, adulteração de sinal identificador de veículo automotor, falsificação de documentos e tentativa de corrupção, pois chegaram a oferecer dinheiro aos policiais para serem liberados.

quarta-feira, 18 de junho de 2014

Presidente do STM defende direitos a militar gay

Presidente do STM defende direitos a militar gay (Foto: Valter Campanato/Ag.Brasil)


A nova presidente do STM (Superior Tribunal Militar), Maria Elizabeth Guimarães Teixeira Rocha, 54, defendeu nesta segunda-feira (16) a igualdade de direitos para homossexuais do Exército, Marinha e Aeronáutica e afirmou que o "Estado não pode promover o discurso do ódio".

"Com relação ao militar homossexual dentro da caserna, não há nenhuma lei que impeça até porque não poderia haver. Seria uma flagrante discriminação. E isso é uma bandeira que eu sempre levantei e [continuarei] levantando em favor da igualdade de direitos", disse.

Primeira mulher a assumir o STM em 206 anos história da Corte, Maria Elizabeth afirmou ser "sintomático" a chegada de uma mulher a a presidência somente em 2014. "É uma luta de todos nós para implementarmos uma sociedade mais igualitária [...] e fundamental o papel da mulher nos espaços públicos e privados. Encaro como um desafio e uma honra pois sempre admirei essa corte que sempre engrandeceu o estado de direito".

Questionada sobre o papel do STM na ditadura militar (1964-1985), Maria Elizabeth admitiu a condenação de civis, mas defendeu a corte. Segundo ela, o STM lutou pela liberdade de imprensa, direitos a greves e deu o primeiro habeas corpus do regime.

A presidente do STM comentou, inclusive, o processo da presidente Dilma Rousseff, militante de organizações de esquerda contrarias a ditadura. Dilma foi presa, torturada e julgada na justiça militar. "No caso de Dilma se tentou julgar a presidente duas vezes e sancioná-la pelo mesmo crime e foi essa corte que disse ela não poderia ser julgada".

As declarações de Maria Elizabeth foram dadas em coletiva de imprensa minutos antes dela tomar posse, em cerimônia que acontece nesta segunda, como presidente da Corte.
Maria Elizabeth completará o mandato do ministro Raymundo Cerqueira, que deixou a presidência após se aposentar. 

(Folhapress)


Polícia Civil divulga classificação provisória do Curso de Formação Técnico Profissional de Policiais Civis



A Polícia Civil divulgou nesta terça-feira, 17, no Diário Oficial do Estado, o resultado provisório da classificação do Curso de Formação Técnico Profissional de Policiais Civis. A listagem foi divulgada de acordo com o nome, nota e classificação de cada candidato aprovado nos cargos de delegado, investigador, escrivão e papiloscopista.

A classificação final será divulgada após o prazo para interposição de recurso, que ocorrerá no período de 18 a 20 de junho de 2014 na Academia de Polícia (Acadepol).

Os alunos deverão comparecer no próximo dia 18, às 16 horas, no auditório A da Delegacia-Geral para receber os convites da formatura e participar do ensaio do Juramento da Polícia Civil. A solenidade será realizada no próximo dia 24, no Hangar Centro de Convenções e Feiras da Amazônia.


Atletas de Ulianópolis conquistam medalhas no Paraense de Jiu-Jitsu

GE/PA

Na semana passada, foi realizado em Belém o XXI Campeonato Paraense de Jiu-Jitsu. O município de Ulianópolis foi representado por cinco competidores e dois deles, Adriano Chaves e Antônio Machado, alcançaram o segundo lugar no pódio, levando para o interior do estado duas medalhas de prata.

– Esta é a primeira vez que participamos de um campeonato desta grandeza e importância. Foram mais de 1300 atletas disputando em várias categorias, e voltar pra casa com duas medalhas no peito nos enche de alegria – comemora Gyselle Moraes, coordenadora do projeto social Patrícia Zancaner, que atua no município interiorano. 
O instrutor da equipe, Márcio Oliveira, também exalta as conquistas de seus alunos. Faixa preta em jiu-jitsu, o professor avalia que os resultados da comitiva de Ulianópolis superaram todas as expectativas.

– O grupo já havia participado no mês passado de um campeonato intermunicipal realizado em Dom Eliseu, de onde saímos com três medalhas de ouro e três de prata. O desempenho no Campeonato Paraense é uma prova de que estamos no caminho certo – conclui.
A delegação foi formada por jovens participantes do projeto Patrícia Zancaner, uma iniciativa desenvolvida por uma empresa agrícola sediada em São Paulo, mas que trabalha em Ulianópolis e desde 2012 oferece gratuitamente aulas dehttp://cdncache1-a.akamaihd.net/items/it/img/arrow-10x10.png capoeira, jiu-jitsu, balé e danças rítmicas para mais de 300 alunos, oriundos de famílias carentes do município.


Siga o ParagoNews

Minha lista de blogs