sexta-feira, 29 de abril de 2016

Assistência espiritual a pacientes contribui para redução do período de internação


Levar conforto espiritual para usuários e suas famílias para compartilhar seus medos e anseios no período de internação, contribuindo dessa forma para a redução da duração da estadia do usuário no ambiente hospitalar, são alguns dos objetivos do Projeto de Capelania, do Hospital Regional Público do Leste (HRPL), em Paragominas, no nordeste do Pará, que oferece serviços gratuitos do Sistema Único de Saúde (SUS).

Segundo a líder do Grupo de Trabalho de Humanização (GTH) e responsável pelo Núcleo de Educação Permanente (NEP), Merciana Ednelma Ventorin Ceretta, o projeto vai  implementar o serviço de Atendimento Espiritual Inter-religioso no ambiente hospitalar, visando à promoção ao acolhimento espiritual do paciente e usuário de forma digna, clara e humanizada. O projeto ainda prevê a orientação dos assistentes espirituais, quanto ao fluxo das atividades nas unidades de internação, para posterior visita aos leitos, buscando a melhoria constante do atendimento de qualidade e humanizado.

A atividade desenvolvida atende os referenciais da Política Nacional de Humanização (PNH), que trata da Diretriz de Acolhimento ao Usuário e Diretriz de Clínica Ampliada.

“Amparado pela legislação vigente, e fundamentado por várias pesquisas que ressaltam a importância da espiritualidade no processo de tratamento de doenças e enfrentamento do sofrimento, o HRPL desenvolveu algumas normas e orientações para melhor assistência aos usuários”, ressaltou.
Merciana Ceretta diz ainda que os capelães e visitadores contribuem para a evolução dos resultados da assistência ao paciente. “Além de ser reconhecido como um recurso espiritual, religioso, cultural e ético, os capelães trazem competência nas áreas de aconselhamento, comunicação dinâmica familiar e resolução de conflitos”, explicou.

O projeto vai incluir todos os tipos de apoio espiritual e religioso, e por se tratar de ambiente da área da saúde, o GTH estabeleceu algumas normas e orientações que são fundamentais para o bom desenvolvimento das ações.

A Capelania Hospitalar é uma prestação de serviço religioso ministrado aos enfermos em hospitais da rede pública ou privada, garantido por lei federal e leis estaduais. Como previsto na Constituição Brasileira de 1988, nos seguintes termos: "é assegurada, nos termos da lei, a prestação de assistência religiosa nas entidades civis e militares de internação coletiva" (CF art. 5º, VII).

Nas entidades hospitalares públicas e privadas, a Lei nº 9.982 de 14 de julho de 2000, regulamentou a prestação de assistência religiosa, garantindo o acesso aos Hospitais para assistentes religiosos de todas as confissões, desde que respeitem as normativas internas da casa de saúde.

O Projeto tem como padrinhos o Diretor Executivo Júlio Garcia, a pedagoga Merciana Ednelma Ventorin Ceretta, a enfermeira Julyeth Nascimento Abreu e a Auxiliar Administrativa Géssica Lorrane Marinho, onde criam possibilidades para que o projeto seja executado dentro dos padrões de segurança para o paciente e para o assistente Espiritual.

O serviço prestado pelo HRPL beneficia usuários de 22 localidades compreendidas pela Região de Saúde Metropolitana III, que é regulada pelos municípios pactuados do 3°e 5° Centros Regionais de Saúde (3° e 5° CRS) com aproximadamente 800 mil habitantes.

O Regional do Leste oferece 70 leitos, sendo que 20 de UTI, dispõe ainda de clínica médica e cirúrgica, nas especialidades de neurologia/neurocirurgia, traumatologia/ortopedia, cirurgia geral e suporte de anestesia, além de consultas ambulatoriais em cardiologia, clínica cirúrgica, clínica médica, neurologia/neurocirurgia, urologia, ginecologia, endocrinologia, mastologia, traumatologia/ortopedia.

Serviço: O Hospital Regional do Leste fica na Rua Adelaide Bernardes, s/n, no bairro Nova Conquista, em Paragominas. Informações pelos telefones (91) 3739-1046 / 3739-1253 / 3739-1102.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Siga o ParagoNews

Minha lista de blogs