sexta-feira, 29 de abril de 2016

Comerciantes denunciam aumento de assaltos em Paragominas, no Pará

PM afirma que são registrados entre 20 e 32 furtos e roubos por mês. População diz que cercas, grades e câmeras são insuficientes.


Comerciantes e moradores de Paragominas, no sudeste do Pará, denunciam o aumento do número de assaltos e roubos no município. Eles afirmam que medidas de proteção como grades, cercas elétricas e monitoramento eletrônico são insuficientes para proteger da ação dos criminosos.
Um minimercado no bairro Laercio Cabeline foi assaltado cinco vezes em menos de 30 dias. Os roubos continuaram mesmo após o local ter recebido grades. "Eles não têm controle algum. Até conhecemos os assaltantes e não podemos fazer nada", fala Juliana Conceição atendente do local.
Uma dona de loja que prefere não ser identificada afirma que medidas de proteção individual não funcionam. "Somes reféns dos bandidos e temos de ficar atrás de grades para nos proteger enquanto eles ficam soltos por aí", afirma.
Câmeras e uma loja de produtos infantis flagraram um assalto esta semana. Nas imagens, dois homens e uma mulher aparecem levando um notebook, brinquedos e outros objetos do local. Todos os suspeitos que aparecem nas imagens já foram identificados pela polícia, mas ninguém foi preso.
A Polícia Militar afirma que realiza rondas na cidade e reforça a segurança durante os fins de semana, especialmente em locais públicos. "Estamos agindo para tentar reduzir os índices", garante Denis Gonçalves, do Batalhão da PM local. Segundo o policial, são registrados em Paragominas entre 20 e 32 furtos e roubos por mês.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Siga o ParagoNews

Minha lista de blogs