segunda-feira, 18 de abril de 2016

Setor automobilístico paraense registra recuperação nas vendas em março

O balanço mensal do Sincodiv PA/AP aponta um aumento nas vendas de veículos em março, seguindo o que aconteceu em vários outros estados. O crescimento maior foi no setor de ônibus, com mais de 270%. 
O Sindicato dos Concessionários e Distribuidores de Veículos do Pará e Amapá (Sincodiv PA/AP) divulgou o resultado da venda de veículos novos no estado em março. Segundo os dados, foram comercializadas 9.804 unidades em âmbito local no mês passado, ante as 8.711 unidades de fevereiro. No entanto, no acumulado do ano, foram emplacados 26.981 veículos, contra 34.249 no mesmo período do ano passado, representando queda de 21,22%.

Leonardo Pontes, presidente do Sincodiv PA/AP, credita o aumento das vendas no Pará ao empenho das concessionárias. “Apesar da queda nas vendas, a união dos concessionários foi o principal fator que estimulou esse aumento. O momento é de busca, é de ir atrás dos clientes, não podemos esperar que o cliente venha até a loja, temos que mostrar a ele que existem vantagens reais para a compra do automóvel. Essas estratégias começam a dar resultados positivos, o que realmente só acontece a partir de março”, destaca.

O mercado interno brasileiro perdeu vantagens, o IPI subiu e o crédito foi contido devido ao risco de inadimplência. E, como resultado, a economia brasileira passa por uma retração. Mesmo assim, apesar do cenário pouco favorável, algumas concessionárias têm conseguido aproveitar algumas circunstâncias do momento para manterem-se firmes no mercado.

Com exceção de caminhões e implementos rodoviários, todos os outros setores aumentaram as vendas em março, com destaque para ônibus, com aumento de 270,59%, comparado com fevereiro. 

Municípios - Entre os municípios paraenses, Belém continua tendo a maior participação no volume de vendas, com pequena participação apenas nas vendas de ônibus. Os municípios com destaque nos emplacamentos de ônibus foram Marabá, Bragança e Ananindeua. Marabá foi o principal responsável pelo crescimento nas vendas, com 79,37%. 

No setor de automóveis, a capital respondeu por 48,57% dos emplacamentos, seguida do município de Ananindeua, com 9,14% das vendas. Na parte de caminhões, a capital paraense teve 22,35% de participação nas vendas, sendo seguida pelas cidades de Marabá, que obteve 9,41%, e Castanhal, que apresentou 5,88% do volume de vendas. Belém também liderou na venda de motocicletas, com 11,35% dos emplacamentos, seguida de Marabá, com 6,05% das vendas. Marabá foi o município de maior destaque no último mês, pois obteve evidência nas vendas de comerciais leves, caminhões, motos e ônibus.   

Ranking
 – Dentre as cinco marcas de automóveis que mais venderam no Pará em março, a GM fechou o mês na primeira colocação. Foram 477 carros emplacados. Em segundo lugar, a Fiat fechou o mês com 351 emplacamentos. Hyundai, Volkswagen e Toyota fecham o ranking das cinco marcas mais vendidas no último mês.


Confira, a seguir, mais detalhes do resultado dos emplacamentos do Pará em março:

Automóveis e comerciais leves
No total, foram emplacadas 3.055 unidades de automóveis e comerciais leves em março. O número representa aumento de 6,71% na comparação com fevereiro deste ano e recuo de 29,49% em relação a março de 2015. Na comparação entre o acumulado deste ano com o anterior, os segmentos registraram retração de 29,93%.

Caminhões e ônibus
Segundo o Sindicato, 148 caminhões e ônibus foram emplacados em março, número 34,55% superior ao registrado em fevereiro. Na comparação com o mesmo mês de 2015, o número, no entanto, representou queda de 26,37%. No acumulado do trimestre, as categorias apresentaram desempenho 44,94% abaixo do verificado de janeiro a março de 2015.

Implementos rodoviários
Foram vendidos 36 veículos da categoria no mês. O segmento apresentou diminuição de 28% nas unidades emplacadas na comparação com fevereiro e recuo de 34,55% ante o mês de março do ano passado. Na comparação do acumulado de janeiro a março deste ano com o mesmo período de 2015, houve queda de 18,75%.



Motocicletas – No mês passado, o mercado de motocicletas registrou 6.425 emplacamentos contra 5.540 em fevereiro, representando aumento de 15,97%. Entre as montadoras mais vendidas, o primeiro lugar é a Honda, seguida pela Yamaha. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Siga o ParagoNews

Minha lista de blogs