quarta-feira, 31 de maio de 2017

EXCLUSIVO: FETRAF RETIROU APOIO A INVASORES DA FAZENDA SANTA LÚCIA AO SABER QUE ELES PARTIRAM PARA A LUTA ARMADA


Por Carlos Mendes

Ver-o-Fato teve acesso a um documento importante para esclarecer as 10 mortes ocorridas na fazenda Santa Lúcia, em Pau D'Arco, ontem. É da Federação dos Trabalhadores na Agricultura Familiar (Fetraf), que apoiava a luta dos agricultores da região pela desapropriação da área. 

No dia 4 de maio passado, após descobrir que havia um grupo numeroso na área invadida que havia optado pela luta armada, a Fetraf informou que iria retirar de pauta a luta da entidade junto ao Incra a favor da desapropriação.

Diz a Fetraf: "em decorrência dos episódios de enfrentamento com armas de fogo por parte de alguns elementos que compõem as famílias de acampados da Fazenda Santa Lúcia, no município de Pau D'Arco. Considerando que as orientações por parte da Fetraf, repassadas aos líderes do acampamento, não foram seguidas pelos mesmos e tão pouco pelos acampados.

A coordenação da Fetraf vem através deste manifestar que não estará mais pautando a referida área junto ao Incra, conforme decisão tomada e comunicada aos acampados no dia 26/04/2017 (quarta-feira), conforme decisão tomada em assembleia geral realizada no município de Marabá- PA.

A Fetraf preza pelo diálogo e pelo entendimento mútuo por parte do Incra, proprietário da área e por parte dos trabalhadores.

Jamais apoiaremos a luta armada !

No nosso entendimento os conflitos agrários na região norte do País já houve muitos derramamentos de sangue, e não queremos patuar e tão pouco participar de outros episódios que por ventura possa vier a acontecer.

A Fetraf tem a hora de avançar, tem a hora de dialogar, tem a hora de recuar.

Entendemos que o recuo nesse momento é mais inteligente.

Ressaltamos que comunicamos a DECA – Delegacia Especializada em Conflitos Agrários e o INCRA (SR-27) e o Incra Nacional.

Ressaltamos ainda que comunicaremos a Secretaria de Segurança Pública do Estado do Pará e o delegado geral da Polícia Civil do Estado.

Coordenação da Fetraf Pará".

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Siga o ParagoNews

Minha lista de blogs